INÍCIOS, DESPERTARES E CRIAÇÕES DA BELEZA FEROZ

Autores

  • Maria Júlia Pascali Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v4i1.53391

Palavras-chave:

Body, Creativity, Theater, Shamanism.

Resumo

Consegui ter uma visão interessante das coisas que eu tenho que apresentar. Quando fui à França, estudar um mês e uma semana, no Pantheatre, Performance Vocal e Teatro Coreográfico, eu me recriei!  Saí daqui muito doente, cheia de dores, sabendo que não era da minha natureza aquilo. Era por ausência de exercer a minha natureza que eu estava ficando doente. Então, eu fui para um workshop intenso, de cinco semanas. Os trabalhos iam das 09h30min às 16h30min. No primeiro dia, pensei: “Vou morrer de dor, eu não vou aguentar!”, No segundo dia, eu falei:  “Eu vou morrer de dor”. E... Não tive dor nenhuma! Só melhorei, só melhorei, só melhorei.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

GILLETE, Douglas. O segredo do xamã: os ensinamentos perdidos dos antigos maias. Trad. Claudia Martinelli Gama. Rio de Janeiro: Rocco, 2001.

Downloads

Publicado

2018-07-31

Como Citar

PASCALI, M. J. INÍCIOS, DESPERTARES E CRIAÇÕES DA BELEZA FEROZ. Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 4, n. 1, p. 252–268, 2018. DOI: 10.5216/ac.v4i1.53391. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/53391. Acesso em: 25 fev. 2024.