A ficção da Ilha da Magia: sobre imaginações geográficas de Florianópolis no Brasil Visto de Cima

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/v.v20.71153

Palavras-chave:

Imaginação Geográfica, Cultura Visual, Brasil Visto de Cima, Florianópolis

Resumo

O objetivo deste texto é analisar como as imagens e a narração do programa televisivo Brasil Visto de Cima nos educam e atuam na construção de imaginações geográficas de Florianópolis. Com base em Denis Cosgrove e William Fox (2010), entende-se por imaginação geográfica a capacidade de projetar imagens sobre o espaço. Para tal fim, selecionamos os dois episódios que retratam a cidade e anali- samos suas cenas e narração. Como resultado, percebemos que as imaginações geográficas evocadas explicitam o intuito de comercializar a cidade turisticamente. Florianópolis é vista como uma Ilha de características naturais excepcionais, com paisagens de filmes de ficção científica, reforçando a deno- minação de Ilha da Magia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Nunes Chaves, Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ana.chaves@udesc.br

Professora Associada do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC, com mestrado (2010) em Geografia na linha de pesquisa Geografia em Processos Educativos, na Universidade Federal de Santa Catarina UFSC, e doutorado (2015) em Educação na linha de pesquisa Filosofia da Educação, na Universidade de São Paulo USP. Pesquisadora do grupo Ensino de Geografia, Formação Docente e Diferentes Linguagens e da Rede Internacional de Pesquisas em Imagens, Geografias e Educação.

Willian Sartor Preve, Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, williansartor@gmail.com

Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UDESC), na linha de pesquisa Políticas Educacionais, Ensino e Formação, sendo atualmente bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Bacharel em Geografia (2020) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Referências

BRASIL. Ministério do Turismo. Estudo da Demanda Turística Internacional 2018. Brasília, DF: editor?, 2018. Disponível em: http://www.dadosefatos.turismo.gov. br/2016-02-04-11-54-03/demanda-tur%C3%ADstica-internacional/item/downloa- d/964_616b0e66c036db76857f828354967e04.html. Acesso em: 14 jul. 2020

CASCAES, F. O fantástico na Ilha de Santa Catarina. 1a ed. Florianópolis: Edufsc, 2015.

COSGROVE, D.; FOX, W. L. Photography and Flight. 1a ed. Londres: Reaktion Books, 2010.

CURITIBA e Florianópolis. Brasil Visto de Cima. Direção e Roteiro de Décio Lopes. Narrador: Felipe Camargo. Rio de Janeiro: Mais Globosat e Maria Tv, 2014. (23 min.), son., color. Temporada 1, episódio 09.

FLORIANÓPOLIS. Secretaria Municipal de Infraestrutura. Projeto Maciço do Morro da Cruz. Florianópolis, n. d. Disponível em: http://www.pmf.sc.gov.br/entidades/infraestrutura/index.php?cms=projeto+macico+do+morro+da+cruz&-menu=7&submenuid=303. Acesso em: 14 jul. 2020.

HOLLMAN, V. Geografía y cultura visual: apuntes para la discusión de una agenda de indagación. Estudios Socioterritoriales: Revista de geografía, Buenos Aires, n. 7, [s. v.], p. 120-135, 2007-2008. Disponível em: https://130b0eef-9694-3486-63b- 9-69a0c1f6e559.filesusr.com/ugd/59a6db_0b38ddc5a4ac4d2ea97e582d22be6640. pdf. Acesso em: 14 jul. 2020.

LENZI, M. H. O circuito das imagens da cidade de Florianópolis: uma etnografia virtual.Cadernos NAUI, Florianópolis, v. 2, n. 3, p. 34-53, jul./dez., 2013.

LITORAL SC e Itaimbezinho. Brasil Visto de Cima. Direção e Roteiro de Décio Lo- pes. Narrador: Felipe Camargo. Rio de Janeiro: Mais Globosat e Maria Tv, 2014. (19 min.), son., color. Temporada 1, episódio 10.

MICHELMANN, A. C. Franklin Cascaes, a divulgação turística de Florianópolis e a invenção da “Ilha da Magia”. 2015. 77f. TCC (Graduação em História) – Centro de Filosofia e Ciências Humanas,Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópo- lis, 2015.

OLIVEIRA JR., W. M. Fotografias dizem do (nosso) mundo: educação visual no en- carte “Megacidades”, do jornal O Estado de S. Paulo. In: TONINI, I. M. et al. (orgs.). O Ensino da Geografia e suas Composições Curriculares. 1a edição. Porto Alegre: Ufrgs, 2011. p. 245-257.

SANTOS, Y. R. F. GEOMORFOSSÍTIOS: valorização da geodiversidade da Lagoi- nha do Leste, Florianópolis - SC. 2016. 86 f. TCC (Graduação em Geografia) – Centro de Ciências Humanas e da Educação, Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

NUNES CHAVES, A. P.; SARTOR PREVE, W. A ficção da Ilha da Magia: sobre imaginações geográficas de Florianópolis no Brasil Visto de Cima. Visualidades, Goiânia, v. 20, 2022. DOI: 10.5216/v.v20.71153. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/71153. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Estéticas das viagens