Figurar a Ressonância, Habitar a Profundidade: Fotografia e Etnicidade em ‘Mali’ de Jean-Baptiste Huynh

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/v.v19.60470

Palavras-chave:

Fotografia, Etnicidade, Retrato

Resumo

Este trabalho toma como referência o projeto fotográfico e expositivo ‘Mali’, de Jean-Baptiste Huynh, partindo da análise da dimensão plástica e fenomenológica dos retratos para pensar a construção da potência do posado fotográfico em diferentes suportes e dimensões expositivas. A partir da individuação dos rostos malinenses e a captura dos registros expressivos, estuda-se como se mobilizam estes retratos em um duplo processo: a dimensão fotográfica vista como tentativa de dispor uma alteridade prototípica que convoca o otimismo\deleite do olhar, e a relação entre codificação e forma estética.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Tassi Teixeira, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), Paranavaí, Paraná, Brasil, ma_presa@hotmail.com

Pós-Doutor em Cinema e Audiovisual (Universitat Autònoma de Barcelona - UAB; 2018). Doutor em Sociologia pela Universidad Complutense de Madrid (UCM; 2004). Professor Colaborador do Mestrado e Doutorado em História (PPGHIS\UFPR Linha de Pesqusa Arte, Memória e Narrativa). Professor Adjunto do Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo (PPG-CINEAV\UNESPAR). Professor Adjunto da UNESPAR, Campus Curitiba II (Sociologia da Arte, Estudos Visuais, Antropologia Audiovisual). Líder do Grupo de Pesquisa (CNPq) Eikos Imagem e Experiência Estética. Seus estudos abrangem a área dos estudos visuais; arte e memória; antropologia audiovisual; fotografia e trauma; etc. É autor de vários artigos científicos em revistas Qualis Capes periódicos, e dos livros 'Cine Diaspórico Iberoamericano: Fronteras, Itinerarios y Transculturalismos' (Barcelona: UOC, 2016) e 'Arte e Holocausto: Da Produção da Memória à Escrita Fílmica e Fotográfica nas Representações sobre Auschwitz' (Porto Alegre: Sulina, 2019). É organizador, junto com Denise Cogo, do 'Guia de Cinema e Migrações Transnacionais' (Roraima: UFRR, 2018). Dedica-se, atualmente, ao andamento de dois projetos de pesquisa: 'Deveres de Memória, Dilemas Representacionais: Dos Limites entre Arte, Exposição e Testemunho' e 'Arte e Refúgio: mediações interculturais e estudos diaspóricos'.

Referências

BURGIN, Victor. (org.). Thinking Photography. Basingstoke: MacMillan, 1986.

CALDAROLA, Victor. “Imaging Process as Ethnographic Inquiry”. Visual Anthropology Review, v. 1, n.4, pp. 431-51, 1998.

CLIFFORD, James. Dilemas da Cultura: Antropología, Literatura y Arte en la Perspectiva Posmoderna. Barcelona: Gedisa, 1999.

______. Routes: Travel and Translation in the late Twentieth Century. Harvard University Press, 1977.

DIDI-HUBERMAN, George. Levantes. São Paulo: Sesc, 2017.

EDWARDS, Elisabeth. “Rastreando a Fotografia”, IN: BARBOSA, Andrea; CUNHA, Edgard; HIKIJI, Rose; NOVAES, Sylvia (org.). A Exériência da Imagem na Etnografia. São Paulo: Terceiro Nome, 2016.

EDWARDS, Elisabeth. “Beyong the Boundary: A Consideration of the Expressive in Photography and Anthropology”, IN: BANKS, Marcus & MORPHY, Howard. Rethinking Visual Anthropology. London: Yale University Press, 1997.

FONTCUBERTA, Joan. La Furia de las Imágenes: Notas sobre la Postfotografía. Madrid: Galaxia Gutenberg, 2016.

GODARD, Jean-Luc. Jean-Luc Godard. Lisboa: Cinemateca Portuguesa, 1985.

GRIMSHAW, Anna. “The Eye in the Door: Anthropology, Film and the Exploration of Interior Space”, IN: BANKS, Marcus & MORPHY, Howard. Rethinking Visual Anthropology. London: Yale University Press, 1997.

HOCKINGS, Paul (org). Principles of Visual Anthropology. Berlim: Mouton de Gruyter, 1995.

HONNETH, Axel. Luta por Reconhecimento. A Gramática Moral dos Conflitos Sociais. São Paulo: Editora 34, 2003.

HORN, David. “This Norm Which is Not One: Reading the Female Body in Lombroso’s Anthropology”, IN: TERRY, J. and URLA. J. (eds.). Desviant Bodies. Bloomington: Indiana University Press, 1995.

LALVANI, Suren. Photography, Vision and the Production of Modern Bodies. Albany: State University of New York Press, 1996.

LIPPARD, Lucy. (org.). Partial Recall. Nova York: New Press, 1992.

MARZO, Jorge Luis. La Competencia de lo Falso: Una Historia del Fake. Madrid: Catedra, 2018.

NARANJO, Juan. (ed.). Fotografía, Antropología y Colonialismo (1845-2006). Barcelona: Gustavo Gili, 2006.

PICADO, Benjamin. “A ação e a paixão que se colhem num rosto: pensando os regimes de discurso do retrato humano no fotojornalismo”. Revista Galáxia, São Paulo, n. 18, p.276-290, dez. 2009.

POIVERT, Michael. La Photographie Contemporaine. Paris: Flammarion, 2010.

RECHENBERG, F. “Notas etnográficas sobre o retrato: repensando as práticas de documentação fotográfica em uma experiencia de produção compartilhada das imagens”. Cadernos de Arte e Antropologia, vol. 3, n. 2, p. 9-22, 2014.

SAMAIN, Etienne. Antropologia, imagens e arte. Um percurso reflexivo a partir de Georges Didi-Huberman. Cadernos e Arte e Antropologia, vol.3, n.2, 47-55p., 2014.

SCHNEIDER, Arnd & WRIGHT, Christopher. (org.). Contemporary Art and Anthropology. Oxford: Berg, 2006.

SONTAG, Susan. Contra a Interpretação. Rio de Janeiro: LPM, 1987.

STOCKING, George. Observers Observed: Essays on Ethnographic Fieldwork. Madison: University of Wisconsin Press, 1983.

STURKEN, Marita & CARTWRIGHT, Lisa. Practices of Looking: An Introduction to Visual Culture. Oxford: Oxford University Press, 2001.

TAUSSIG, Michael. Mimesis and Alterity. New York: Routledge, 1992.

VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. Metafísicas Canibais: Elementos para uma Antropologia Pós-Estrutural. Rio de Janeiro: Ubu, 2016.

______. A Inconstância da Alma Selvagem. São Paulo: Cosac & Naify, 2002

VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. “Equívocos da Identidade”, IN: GONDAR, Jô e DOBEDEI, Vera (orgs.). Rio de Janeiro: ContraCapa, 2005.

Downloads

Publicado

2022-05-23

Como Citar

TASSI TEIXEIRA, R. Figurar a Ressonância, Habitar a Profundidade: Fotografia e Etnicidade em ‘Mali’ de Jean-Baptiste Huynh. Visualidades, Goiânia, v. 19, 2022. DOI: 10.5216/v.v19.60470. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/60470. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos