A emergência de novas latitudes no mundo das artes: o projeto Latitude e a inserção da arte brasileira no mercado global - DOI 10.5216/vis.v12i2.34482

Autores

  • Bruna Wulff Fetter UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v12i2.34482

Resumo

A partir da constatação da crescente participação da arte contemporânea brasileira no mercado internacional, este artigo se propõe a compreender a atuação do projeto Latitude como uma das principais ferramentas de internacionalização dessa produção. Atuando sob a configuração de parceria público-privada, o Latitude se apresenta como uma plataforma de negócios (para as galerias) e de visibilidade (para os artistas) que inclui desde o auxílio em questões burocráticas de exportação até a organização de visitas de diretores de instituições e de colecionadores internacionais a museus, instituições, feiras e galerias nacionais. No entanto,esse tipo de parceria nos leva a questionar as atuais políticas públicas para o desenvolvimento do setor, sua esfera de atuação, resultados e reais beneficiários.

Palavras-chave:Mercado de arte, internacionalização, projeto Latitude

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-03-13

Como Citar

WULFF FETTER, B. A emergência de novas latitudes no mundo das artes: o projeto Latitude e a inserção da arte brasileira no mercado global - DOI 10.5216/vis.v12i2.34482. Visualidades, Goiânia, v. 12, n. 2, 2015. DOI: 10.5216/vis.v12i2.34482. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/34482. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos