Imagens que advem. Por uma antropologia da imagem fotográfica em A câmara clara - DOI 10.5216/vis.v12i2.34480

Autores

  • Rodrigo Fontanari UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v12i2.34480

Resumo

Há mais de trinta anos da publicação francesa de A câmara clara, esse artigo busca fazer uma incursão a essa considerada derradeira obra em vida de Roland Barthes, um dos mais importantes pensadores do século XX, a partir das notas preparatórias para a escrita desse livro, consultadas no “Grand Fichier” de Barthes depositado atualmente na Bibliothèque Nacional de France (BNF), notadamente, da“pochette” intitulada “Photo”. Destas notas, percebe-se que Barthes, para além do semiólogo que foi, também se revela um antropólogo das imagens que procura por outro olhar para o mundo das imagens, que as tira da condição de simples superfície de superficialidades.

Palavras-chave:Imagem, fotografia,Roland Barthes

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-03-13

Como Citar

FONTANARI, R. Imagens que advem. Por uma antropologia da imagem fotográfica em A câmara clara - DOI 10.5216/vis.v12i2.34480. Visualidades, Goiânia, v. 12, n. 2, 2015. DOI: 10.5216/vis.v12i2.34480. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/34480. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos