Os Salões Nacionais de Arte em Belo Horizonte na década de 1980: as especificidades dos salões temáticos

Autores

  • Ana Luiza Teixeira Neves Universidade Federal de Minas Gerais
  • Rodrigo Vivas UFMG

Resumo

O presente trabalho é parte de pesquisas desenvolvidas no Grupo de Pesquisa do CNPq, denominado “Memória das Artes Visuais de Belo Horizonte (MAV-BH)”, vinculado ao Departamento de Artes Plásticas da Escola de Belas Artes da UFMG, que tem como base a discussão das teorias e métodos da História da Arte, assim como a análise de obras artísticas pertencentes aos acervos de museus públicos mineiros: Museu Histórico Abílio Barreto, Museu Mineiro e Museu de Arte da Pampulha, comparativamente a outros acervos brasileiros e internacionais. (...)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Luiza Teixeira Neves, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestre em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais – Linha de pesquisa: Artes Plásticas/História da Arte (2014). Especialista em Arte-Educação pela Universidade do Estado de Minas Gerais (2008). Graduada em História: Bacharelado e Licenciatura pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2005).

 

Rodrigo Vivas, UFMG

Diretor do Centro Cultural da UFMG. Professor de História da Arte do Programa de Pós-Graduação em Artes da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais – EBA/UFMG. Graduado em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (1999). Mestre em História da Cultura na Universidade Federal de Minas Gerais (2001). Doutor em História da Arte (2008), UNICAMP.

Downloads

Publicado

2016-04-15

Como Citar

TEIXEIRA NEVES, A. L.; VIVAS, R. Os Salões Nacionais de Arte em Belo Horizonte na década de 1980: as especificidades dos salões temáticos. Visualidades, Goiânia, v. 13, n. 2, 2016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/34048. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Teses e Dissertações