Mapas de interseções na educação em visualidades: evento artístico como pedagogia - DOI 10.5216/vis.v11i2.30689

Autores

  • Belidson Dias UNB
  • Tatiana Fernández UNB

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v11i2.30689

Resumo

Este artigo explora o evento artístico como pedagógico na Educação em Visualidade. Se situa no encontro entre a virada da visualidade na educação e a virada pedagógica na arte. Tendo como base a Pedagogia Cultural procura abranger como e em que condições o evento artístico pode ser ao mesmo tempo um evento pedagógico e de que maneira se instituem os espaços que promovem eventos educacionais como experiências estéticas. Neste artigo apontam-se bases conceituais e metodológicas que permitem distinguir o espaço de interseção entre a arte e a Educação em Visualidade e suas implicações políticas e culturais: Arte Participante, Pedagogia Cultural e as relações entre política e estética. Neste sentido analisa-se o cruzamento de fronteiras tanto na arte como na educação e criam-se possibilidades de entendimento de uma pedagogia de dissenso.

Palavras-chave: Cultura visual, pedagogia cultural,educação em visualidade,virada da visualidade, virada pedagógica

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-06-25

Como Citar

DIAS, B.; FERNÁNDEZ, T. Mapas de interseções na educação em visualidades: evento artístico como pedagogia - DOI 10.5216/vis.v11i2.30689. Visualidades, Goiânia, v. 11, n. 2, 2014. DOI: 10.5216/vis.v11i2.30689. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/30689. Acesso em: 24 fev. 2024.