A arte pictórica de Artemísia Gentileschi nos olhares generificados da história - DOI 10.5216/vis.v10i1.23093

Autores

  • Cristine Tedesco

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v10i1.23093

Resumo

O presente texto busca analisar duas imagens pictóricas: Il suicídio di Lucrezia  (1640-1642) de Guido Reni e Lucrezia (1621) de Artemísia Gentileschi. Propomos, sobretudo, uma investigação em torno do que teria sustentado o temperamento desafiador de Artemísia Gentileschi diante da sociedade e da moral da Roma seiscentista . Entendemos que os dramas pessoais, dos quais destacamos a tortura das Sibilas, sofrida pela pintora quando jovem, o exame ginecológico do seu corpo e a luta por um espaço no mundo da criação artística, são questões que marcaram a vida e a obra da artista. Assim, realizamos um estudo interdisciplinar e norteado pelo conceito de gênero.

Palavras-chave: Artes, gênero, Artemísia Gentileschi

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-03-14

Como Citar

TEDESCO, C. A arte pictórica de Artemísia Gentileschi nos olhares generificados da história - DOI 10.5216/vis.v10i1.23093. Visualidades, Goiânia, v. 10, n. 1, 2013. DOI: 10.5216/vis.v10i1.23093. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/23093. Acesso em: 20 maio. 2024.