Das origens do cinema às teorias da linguagem cinematográfica: um breve panorama sobre os modos de abordagem do texto fílmico - DOI 10.5216/vis.v7i2.18196

Autores

  • Odair José Moreira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v7i2.18196

Resumo

Desde sua criação, o cinema serviu de palco para que vários pesquisadores, teóricos e realizadores formulassem, por meio dos filmes, questões acerca da fundamentação de sua linguagem. O cinema traz, em seu âmago, diretrizes que orientam os estudos teóricos para um caminho que parece ser um só: a abordagem textual ou discursiva do filme. Este é um enunciado, é um discurso construído de significações e significados. Tomando por base essa orientação, o que se pretende aqui é oferecer um breve panorama a respeito dos modos de abordagem do texto fílmico, sejam eles textuais, cognitivistas, fenomenológicos, linguísticos, semiológicos ou semióticos.

Palavras-chave: Cinema, abordagem histórica, linguagens

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-23

Como Citar

MOREIRA DA SILVA, O. J. Das origens do cinema às teorias da linguagem cinematográfica: um breve panorama sobre os modos de abordagem do texto fílmico - DOI 10.5216/vis.v7i2.18196. Visualidades, Goiânia, v. 7, n. 2, 2012. DOI: 10.5216/vis.v7i2.18196. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/18196. Acesso em: 22 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos