A mulher índia nas produções cinematográficas da década de 70 - DOI 0.5216/vis.v1i1.17871

Autores

  • Rosa Berardo UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v1i1.17871

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar as várias maneiras utilizadas por diretores brasileiros, na década de 701, para representar as índias brasileiras. As análises aqui apresentadas baseiam-se em dados histórico-políticos, empregando as abordagens de Christian Metz sobre voyeurismo nos filmes e de Laura Mulvey sobre prazer visual e narrativa cinematográfica. Um dos pontos questionados neste trabalho é como a política cultural do Estado na época influenciou os diretores em suas representações da mulher indígena. A representação ou fabricação do outro nunca é neutra, devido às próprias fantasias, excessos, projeções, ideologias e interesses políticos dos diretores dos filmes.

Palavras-chave: filme brasileiro, índias, representação

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosa Berardo, UFG

FAV-UFG

Downloads

Publicado

2016-03-01

Como Citar

BERARDO, R. A mulher índia nas produções cinematográficas da década de 70 - DOI 0.5216/vis.v1i1.17871. Visualidades, Goiânia, v. 1, n. 1, 2016. DOI: 10.5216/vis.v1i1.17871. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/17871. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos