Intervenções de enfermagem para promoção do autocuidado de pessoas com diabetes tipo 2: revisão integrativa

Glória Yanne Martins de Oliveira, Angélica Maria de Oliveira Almeida, Ana Lívia Araújo Girão, Consuelo Helena Aires de Freitas

Resumo


Revisão integrativa com objetivo de identificar e analisar as evidências disponíveis na literatura acerca das intervenções de enfermagem para promoção do autocuidado às pessoas com diabetes mellitus tipo 2. A coleta de dados foi realizada na Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), MEDLINE (via EBSCO), Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature (CINAHL) e SCOPUS. O levantamento dos artigos ocorreu nos meses de julho e agosto de 2015 por dois revisores independentes. A busca inicial identificou 239 artigos e, ao final, oito atenderam aos critérios de seleção. A educação em saúde destacou-se como campo estratégico para implementação das intervenções de enfermagem. As intervenções realizadas com acompanhamento do paciente e que disponibilizaram mais tempo de cuidado obtiveram resultados satisfatórios quanto às práticas de autocuidado.  A Teoria do Déficit de Autocuidado de Orem é indicada como um guia para direcionar o educador no autocuidado de diabéticos.

Palavras-chave


Diabetes Mellitus Tipo 2; Autocuidado; Cuidados de Enfermagem

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v18.38691

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons A Revista Eletrônica de Enfermagem está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Logotipo do Ibict