1.
Franzoni Conde S, Palhoza N. “Não matou ninguém, mas deixou todo mundo meio torto”: trabalho, educação e infância desde a vitivinicultura de Videira, Santa Catarina, Brasil. RevPoly [Internet]. 18º de novembro de 2021 [citado 25º de setembro de 2022];32(2):59-75. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/70891