Textos escritos por surdos em mensagens no aplicativo Whatsapp: organização de sentidos e perspectivas de ensino de português escrito como segunda língua

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/rs.v7.74169

Resumo

O presente texto trata de um estudo sobre mensagens escritas em português e enviadas pelo aplicativo WhatsApp por surdos adultos bilíngues, usuários da língua brasileira de sinais – Libras, como primeira língua (L1) e de língua portuguesa, na modalidade escrita, como segunda língua (L2). A finalidade do trabalho é analisar a produção escrita desses surdos com foco em como estão organizados os sentidos em torno das mensagens, observando as estratégias utilizadas pelos usuários para a construção dos textos. Além disso, busca-se discutir os dados deste estudo aplicados no ensino de português escrito como L2, no sentido de subsidiar o ensino dessa língua a pessoas surdas. Foram selecionados textos de sujeitos surdos com os quais os autores têm constante contato, nos quais são discutidos os mais variados assuntos, englobando questões relacionadas a trabalho, estudo, lazer entre outros. Após a análise do corpus, observaram-se formas específicas de uso do português não preconizadas pelo padrão normativo escrito dessa língua e interferências estruturais da Libras. Assim, conclui-se que os significados dos textos, embora alguns aspectos configuracionais da escrita não se adequem à norma padrão da língua portuguesa, se constroem para formar sentidos e para expressar compreensão de mundo própria; essa perspectiva, de alguma forma, pode subsidiar o ensino de português escrito como L2 a pessoas surdas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Vargas Machado da Costa, Universidade Federal do Acre/UFAC

Professor de Libras e de Linguística da Libras na Universidade Federal do Acre/UFAC

Mestrando no Programa de Pós-graduação em Letras: Linguagem e Identidade/PPGLI/UFAC

Vivian Gonçalves Louro Vargas, Universidade Federal do Acre/UFAC

Professora de Libras na Universidade Federal do Acre/UFAC

Mestra pelo Programa de Pós-graduação em Letras: Linguagem e Identidade/PPGLI/UFAC e doutoranda no mesmo Programa.

 

Shelton Lima de Souza, Universidade Federal do Acre

Professor de Linguística e de Língua Portuguesa na Universidade Federal do Acre/UFAC

Doutor em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ

Professor permanente no Programa de Pós-graduação em Letras: Linguagem e Identidade/PPGLI/UFAC e professor permanente no Programa de Pós-graduação Profissional em Letras/ProfLetras

 

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

COSTA, L. V. M. da; VARGAS, V. G. L.; SOUZA, S. L. de. Textos escritos por surdos em mensagens no aplicativo Whatsapp: organização de sentidos e perspectivas de ensino de português escrito como segunda língua. Revista Sinalizar, Goiânia, v. 7, 2022. DOI: 10.5216/rs.v7.74169. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revsinal/article/view/74169. Acesso em: 28 maio. 2023.

Edição

Seção

Dossiê Temático