Política Habitacional no Distrito Federal

a Experiência do Plano Distrital de Habitação de Interesse Social

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revjat.v6.76436

Palavras-chave:

Política habitacional. Habitação de interesse social. Moradia digna.

Resumo

A partir da extensa bibliografia já produzida acerca do planejamento urbano de Brasília e o percurso das políticas habitacionais implementadas no Brasil da década de 1960 até os dias atuais, o presente trabalho apresenta a trajetória da política habitacional no Distrito Federal, com enfoque na elaboração e revisão do PLANDHIS – Plano de Habitação de Interesse Social do DF.

Dessa forma, o artigo expõe brevemente a maneira como as políticas habitacionais foram implementadas até a criação do SNHIS – Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social, e quais as suas consequências para a questão habitacional e o desenvolvimento da cidade, com base em análises precedentes e documentos públicos, principalmente do âmbito do Distrito Federal.

Assim, por meio de um comparativo entre os PLANDHIS elaborados em 2012 e revisado/atualizado em 2023, a análise discorre acerca do escopo, elaboração e propostas apresentadas. A conclusão desse apanhado indica que a minuta do PLANDHIS publicada em 2023, avança ao propor uma quebra importante de paradigma de política habitacional encarando a moradia como um serviço público, sob um olhar apurado para as necessidades específicas de cada grupo social principalmente a população em situação de vulnerabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabella Bizinoto, Universidade de Brasília

Arquitetura e Urbanista, graduada na Universidade de Brasília (2021). Atuou no desenvolvimento de projetos urbanísticos de novos parcelamentos e projetos de arquitetura, assim como gerenciamento de obras e coordenação de projetos. Campos de interesse: habitação de interesse social, políticas habitacionais, planejamento urbano.

Benny Schvarsberg, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, PPG-FAU, Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil

Professor Titular de Urbanismo e Planejamento Urbano na FAU-UnB, foi bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq, chefe do Depto.de Urbanismo e Coordenador da Pós-Graduação da FAU-UnB, possui publicações na área de planejamento urbano e urbanismo, pesquisas nas áreas temáticas de planejamento e ordenamento territorial, política urbana e legislação urbanística, aplicação de instrumentos de política urbana, mobilidade urbana e política habitacional.

Referências

BALBIM, Renato. Serviço de Moradia Social ou Locação Social: alternativas à política habitacional. Texto para discussão 2134. Brasília: Ipea, 2015. Disponível:https://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/TDs/td_2134.pdf; acessado em: 15/08/2020

BRASIL. Ministério das Cidades. Déficit habitacional no Brasil: 2007. Brasília: MCidades, 2009. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.mg.gov.br/consulta/verDocumento.php?iCodigo=50695&codUsuario=0; acessado em:25/10/2020

BRASIL. Lei 11.124, de 16 de junho de 2005. Dispõe sobre o Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social – SNHIS, cria o Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social – FNHIS e institui o Conselho Gestor do FNHIS. Casa Civil: Subchefia para Assuntos Jurídicos. Brasília, DF. 2005. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11124.htm; acessado em: 16/10/2020

BRASIL. Lei No 4.545, de 10 de dezembro de 1964. Dispõe sobre a reestruturação administrativa do Distrito Federal, e dá outras providências. Brasília/DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l4545.htm; acessado em: 10/10/2020

CÂMARAS TÉCNICAS (Revisão PLANDHIS), 2018-2020, Brasília/DF. Apresentações 1 a 27. GDF/SEDUH, 2020. Disponível em: http://www.projetos.seduh.df.gov.br/plandhis. acessado em: 10/11/2020

CARDOSO, Adauto Lucio; ARAGÃO, Thêmis Amorim; Do fim do BNH ao Programa Minha Casa Minha Vida: 25 anos da política habitacional no Brasil. In: Programa Minha Casa Minha Vida e seus efeitos territoriais. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2013.

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO HABITACIONAL DO DISTRITO FEDERAL. Relatório de Atividades. Brasília/DF. 2015, 2016, 2017,2018,2019. Disponível em: http://www.CODHAB.df.gov.br/acessoainformacao#; acessado em: 28/10/2020

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO HABITACIONAL DO DISTRITO FEDERAL. Estatuto Social CODHAB. Brasília/DF. 2013. Disponível em: https://codhabservice.codhab.df.gov.br/cms/uploads/attachments/bb559a79791ecc2722be8c3f742b50e4.pdf; acessado em: 04/06/2023

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO HABITACIONAL DO DISTRITO FEDERAL. Estatuto Social CODHAB. Brasília/DF. 2018. Disponível em: http://www.CODHAB.df.gov.br/uploads/archive/files/bb559a79791ecc2722be8c3f742b50e4.pdf; acessado em: 16/10/2020

DERNTL, Maria Fernanda. Além do Plano. A concepção das cidades-satélites de Brasília. Arquitextos, São Paulo, ano 19, n. 221.03, Vitruvius, out. 2018 https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/19.221/7150; acessado em; 07/10/2020

GOUVÊA, Luiz Alberto de Campos. Habitação Popular no Brasil; Uma história de exclusão, segregação e construção de ocas, senzalas, casa e apartamentos. São Paulo: Annablume Geografias, 2016. p – 113 – 146.

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL/ CODEPLAN. Projeções e cenários para o Distrito Federal: Análises prospectivas populacionais, habitacionais, econômicas e de mobilidade. 2018. Disponível em: http://www.codeplan.df.gov.br/wp-content/uploads/2018/12/Projeções-e-cenários-para-o-Distrito-Federal-Análises-prospectivas-populacionais-habitacionais-econômicas-e-de-mobilidade.pdf; acessível em: 02/11/2020

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL/ CODEPLAN. Pesquisa Satisfação Beneficiários MCMV Paranoá Parque. 2020. Disponível em: http://www.codeplan.df.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/Estudo-Pesquisa-de-satisfação-dos-beneficiários-do-Programa-Minha-Casa-Minha-Vida-–-Paranoá-Parque.pdf; acessado em:15/08/2020

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL/ SEDUH. Revisão do Plano Distrital de Habitação de Interesse Social do Distrito Federal – PLANDHIS. Brasília/DF. 2018. Disponível em: http://www.projetos.seduh.df.gov.br/doc/plandhis/Relatório%20Técnico%202018%20PLANDHIS.pdf; acesso em: 10/11/2020

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL/ SEDUH. Minuta do Plano Distrital de Habitação de Interesse Social do Distrito Federal – PLANDHIS. Brasília/DF. 2023. Disponível em: http://www.seduh.df.gov.br/wp-conteudo/uploads/2023/02/0._Texto_PLANO_DISTRITAL_DE_HABITACAO_DE_INTERESSE_SOCIAL___15_de_fevereiro_2023___apos_MP_do_PMCMV-1.pdf; acesso em: 05/06/2023

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL/ SEDUH/ DIMOT. Relatório Demanda Habitacional Demográfica 2019. Brasília/DF. 2019. Disponível em: http://www.observatorioterritorial.seduh.df.gov.br/wp-content/uploads/2020/03/Relatório_Demanda-Habitacional-Demográfica_2019_.pdf; acessado em: 05/06/2023.

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL/SEDUH. Plano Distrital de Habitação de Interesse Social. Brasília/DF. 2012. Disponível em: http://www.seduh.df.gov.br/wp-conteudo/uploads/2017/10/PLANDHIS-Redação-final-12.12.12.pdf; acessado em: 10/08/2020

FURTADO, B. A.; NETO, V.L.C.; KRAUSE, C. Estimativas do déficit habitacional brasileiro (2007-2011) por municípios (2010). Nota Técnica N°1. IPEA. Brasília, 2013. Disponível em: https://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/5809/1/NT_n01_Estimativas-deficit-brasileiro-2007-2011-municipios-2010_Dirur_2013-maio.pdf.; acessado em: 05/06/2023

IACOVINI, Rodrigo Faria G. O significado do direito à moradia como porta de entrada para outros direitos. Revista Contraste. São Paulo, 2014. Disponível em: https://issuu.com/revcontraste/docs/revcontraste02; acessado em: 14/06/2023

KRAUSE, C.; BALBIM, R. O planejamento da habitação de interesse social no Brasil e a sua produção social: desafios e perspectivas. In: MORAIS, M. P.; COSTA, M. A. (Orgs.). Infraestrutura social e urbana no brasil: subsídios para uma agenda de pesquisa e formulação de políticas públicas. Brasília: Ipea, 2010.

Cf. OLIVEIRA, Giovanna Ortiz de. Lucio Costa. Entrevista, São Paulo, ano 06, n. 023.03, Vitruvius, jul. 2005. Disponível em: http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/06.023/3313, acessado em: 10/10/2020

PENNA, Nelba Azevedo. Empreendedorismo e planejamento urbano em Brasília: da máquina de morar à máquina de crescimento urbano. In: Elson Manoel Pereira (Org.). Planejamento Urbano no Brasil; conceitos, diálogos e práticas. 2. ed. Chapecó: Argos, 2013. p – 207 – 230.

PEREIRA, Elson Manoel. Políticas municipais de habitação: qual o conteúdo para qual cidade? In: Elson Manoel Pereira (Org.). Planejamento Urbano no Brasil; conceitos, diálogos e práticas. 2. ed. Chapecó: Argos, 2013. p – 139 – 157.

QUINTO JR., Luiz de Pinedo. A contribuição da cultura técnica do planejamento urbano no Brasil numa perspectiva comparada com a gênese da gestão urbana na Europa. In: Elson Manoel Pereira (Org.). Planejamento Urbano no Brasil; conceitos, diálogos e práticas. 2. ed. Chapecó: Argos, 2013. p – 47 – 78.

card

Downloads

Publicado

2024-03-20

Como Citar

BIZINOTO FERNANDES, I.; SCHVARSBERG, B. Política Habitacional no Distrito Federal: a Experiência do Plano Distrital de Habitação de Interesse Social . Revista Jatobá, Goiânia, v. 6, 2024. DOI: 10.5216/revjat.v6.76436. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revjat/article/view/76436. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos livres