A crise como oportunidade para repensar o Ordenamento Territorial

potenciar os vazios urbanos para a prática de Agricultura Urbana

Autores

Palavras-chave:

Agricultura Urbana, Ordenamento Territorial, Acesso à Terra, Inclusão Social

Resumo

As crises, como a atual pandemia Covid - 19, são oportunidades para repensar os sistemas alimentares, mas a falta de acesso à terra especialmente nos perímetros urbanos é um obstáculo. Defende-se que o Ordenamento Territorial deve considerar a Agricultura Urbana como um instrumento de fortalecimento do tecido urbano e periurbano através do uso permanente ou temporário dos vazios urbanos não construídos. A Agricultura Urbana garante a soberania alimentar e responde de forma imediata às carências de famílias devastadas pelas crises económicas. Como não implica uma ocupação irreversível dos solos enquadra-se numa perspetiva de transformação dos vazios urbanas no que denominamos de “Zonas Agrícolas de Inclusão Social”.

Propomos ilustrar o estado da arte em Portugal através de dois processos distintos. O primeiro ilustra uma iniciativa sediada na Área Metropolitana do Porto, gerida por uma empresa de resíduos sólidos desde 2003, que tem vindo a coordenar a implementação de Hortas Urbanas nos vários municípios da região metropolitana. O segundo estudo de caso descreve a iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa, iniciada em 2011, através de desenvolvimento de Parques Hortícolas que conjugam lazer com atividade agrícola. Os dois exemplos atestam a pertinência de uma política pública de acesso à terra que agregue as políticas de Ordenamento Territorial, Agricultura, e coesão social.

Biografia do Autor

Cecília Delgado, Universidade Nova de Lisboa (UNL), Centro Interdisciplinar de Ciências Socias (CICS. NOVA), Lisboa, Portugal

Cecília Delgado é urbanista, professora universitária, e investigadora em Políticas Públicas, na articulação entre o Ordenamento Territorial, Sistemas Alimentares e o Desenvolvimento Local. Atualmente, é investigadora na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e afiliada do CICS.NOVA, Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da UNL.

No âmbito da sua investigação tem vindo a construir uma revisão crítica das políticas alimentares internacionais em colaboração com a RUAF. A nível nacional tem colaborado com governos locais e organizações sem fins lucrativos. É cofundadora da plataforma nacional Alimentar Cidades Sustentáveis criada em 2018 que reúne um aproximadamente 350 atores do sistema alimentar nacional. As suas publicações podem ser consultadas aqui: https://www.researchgate.net/profile/Cecilia_Delgado5

Publicado

28-09-2020

Como Citar

Delgado, C. (2020). A crise como oportunidade para repensar o Ordenamento Territorial: potenciar os vazios urbanos para a prática de Agricultura Urbana. Revista Jatobá, 2. Recuperado de https://revistas.ufg.br/revjat/article/view/65645

Edição

Seção

Artigos livres