PARÂMETROS AMBIENTAIS E MATERIAIS QUE AFETAM A PENETRAÇÃO DE CLORETOS EM ESTRUTURAS DE CONCRETO – ESTUDO DE CASO DA ILHA DOS ARVOREDOS

  • Carlos EduardoTino Balestra
  • Maryangela Geimba de Lima Instituto Tecnológico de Aeronáutica ITA)
  • Ronaldo A. Medeiros-Junior Departamento de Construção Civil da Universidade Federal do Paraná
  • Ana Julia Alves Egg Monteiro Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Construção Civil da Universidade Federal do Paraná

Resumo

RESUMO: A corrosão das armaduras induzida por cloretos é um dos principais problemas relacionados à degradação de estruturas de concreto armado em ambiente marinho. Desta forma, este artigo apresenta uma compilação e discussão dos principais parâmetros ambientais e materiais que influenciam na penetração de cloretos em estruturas de concreto presentes neste ambiente. Além disso, como estudo de caso, ensaios de espectroscopia de fluorescência de Raios-X em amostras de concreto foram realizados em pontos de algumas estruturas presentes em diferentes zonas de agressividade marinha. As conclusões deste trabalho mostram que a degradação de uma estrutura pode ser evitada desde a etapa de projeto e que há um grande número de variáveis ambientais e materiais que afetam o processo. Esse trabalho contribui para a evolução do conhecimento sobre estruturas que sofrem degradação natural, expostas ao ambiente marinho. Os ensaios de espectroscopia de fluorescência de Raios-X mostraram que, sob uma perspectiva da corrosão, a zona de variação de maré é a mais agressiva às estruturas de concreto armado. Os ciclos de molhagem e secagem aos quais a zona de variação de maré está sujeita contribuem para acelerar a penetração dos cloretos no concreto. Portanto, de acordo com o tipo de zona marinha onde as estruturas podem estar presentes, o nível de agressividade quanto à corrosão induzida por cloretos é variável. ABSTRACT: The reinforcement corrosion induced by chlorides is one of the main problems related to the degradation of reinforced concrete structures in marine environment. Thus, this paper presents a compilation and discussion of key environmental and materials parameters that influence the chloride penetration in concrete structures present in this environment. Furthermore, as a case study, Fluorescence Spectroscopy X-ray testing of concrete samples were made in points of structures presents in different marine aggressive zones. The conclusions of this study show that degradation of a structure can be prevented from the design stage and that there are a large number of environmental and materials variables involved. This paper contributes to knowledge evolution about structures with natural degradation that are exposed to the marine environment. The X-ray fluorescence spectroscopy experiments showed that, from a perspective of corrosion, tidal zone is the most aggressive zone to reinforced concrete structures. The wetting and drying cycles contribute to accelerate the penetration of the chlorides into the concrete. Therefore, according to the type of marine zone where structures may be present, the level of aggressiveness for chloride-induced corrosion is variable.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
29-03-2017
Como Citar
Balestra, C., Lima, M., Medeiros-Junior, R., & Monteiro, A. J. (2017). PARÂMETROS AMBIENTAIS E MATERIAIS QUE AFETAM A PENETRAÇÃO DE CLORETOS EM ESTRUTURAS DE CONCRETO – ESTUDO DE CASO DA ILHA DOS ARVOREDOS. REEC - Revista Eletrônica De Engenharia Civil, 13(1). https://doi.org/10.5216/reec.v13i1.43054
Seção
Construção Civil