Influência da redução do consumo de água sobre o desempenho dos ramais e coletores prediais de esgoto.

Autores

  • Ricardo Prado Abreu Reis Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/reec.v5i2.20805

Resumo

O quadro atual de escassez de água tem impulsionado o desenvolvimento de soluções de conservação e uso racional de água. No ambiente urbano as tecnologias que visam promover o uso racional de água vem sendo empregadas de forma bastante acentuada nas edificações, nas últimas décadas. O foco principal das ações tecnológicas tem sido o desenvolvimento de componentes que possibilitem um menor consumo de água sem afetar seu desempenho ou o comportamento dos usuários. Por sua vez, os efeitos da redução do volume de escoamento de água nos ramais e coletores prediais de esgoto sanitários estão sendo negligenciados, isto vem acarretando a problemas como: o aumento de entupimento de tubulações, aumento da frequência de manutenção, retorno de odores e até insalubridade dos ambientes sanitários. Pesquisas recentes apontam que existe viabilidade técnicas para suportar redução ainda maiores nas vazões de água nos sistemas prediais de esgoto sanitário, entretanto, os sistemas de coleta e transporte devem ser ajustados de acordo com os componentes economizadores a serem implantados. Este artigo reúne informações a respeito do funcionamento do escoamento de esgoto em ramais provenientes de descargas de bacias sanitárias e apresenta pesquisas que demonstram os efeitos da redução de volumes de escoamento sobre o desempenho dos sistemas prediais sanitários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2012-11-03

Como Citar

REIS, R. P. A. Influência da redução do consumo de água sobre o desempenho dos ramais e coletores prediais de esgoto. REEC - Revista Eletrônica de Engenharia Civil, Goiânia, v. 5, n. 2, 2012. DOI: 10.5216/reec.v5i2.20805. Disponível em: https://revistas.ufg.br/reec/article/view/20805. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Construção Civil