Encurtar distâncias, transpor fronteiras:

histórias, memórias e arte em tempos de ensino remoto emergencial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/rppoi.v19.71646

Palavras-chave:

Ensino Remoto Emergencial., Metodologia de Ensino., Licenciatura., Arte.

Resumo

A presente produção escrita refere-se a um relato de experiência consubstanciado durante a práxis pedagógica de três docentes nas disciplinas de Psicologia da Educação I e II, lecionadas em cursos de licenciaturas da Universidade Federal de Goiás. As disciplinas foram ministradas na modalidade de Ensino Remoto Emergencial (ERE), no decorrer do segundo semestre de 2020, em cumprimento às resoluções e diretrizes didático-pedagógicas estabelecidas pelo Conselho Universitário/UFG e em consonância com os decretos instituídos pelo governo do Estado de Goiás para conter a disseminação do novo coronavírus, causador da doença COVID-19, em razão da pandemia anunciada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Objetivou-se, neste trabalho, analisar o impacto de uma estratégia metodológica diferenciada durante o ERE em um contexto marcado pela pandemia da Covid-19. Para efetivar este trabalho realizou-se um estudo qualitativo, de cunho etnográfico, ancorado nos aportes da Psicologia Histórico-Cultural (VIGOTSKI, 1999) e da Pedagogia Histórico-Crítica (SAVIANI, 2011). Como resultados evidenciou-se a presença predominante da arte como recurso utilizado pelas docentes e pelos discentes proporcionando diálogo, sentimento de pertencimento e reflexão sobre o contexto pandêmico e sobre as disciplinas em questão. Concluiu-se que, mesmo diante dos desafios impostos pelo ERE em um contexto pandêmico desolador, o compromisso ético, político e epistemológico com o fazer pedagógico e com a produção do conhecimento pôde favorecer a formação e o desenvolvimento humano, fortalecendo o sentido de universidade pública no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Soraya Vieira Santos, Universidade Federal de Goiás

Doutora em Educação (UFG), Professora Associada (UFG).

Alessandra Oliveira Machado Vieira, Universidade Federal de Goiás

Doutora em Psicologia do Desenvolvimento Humano (UnB), Professora Associada (UFG).

Referências

AGEE, J. O muro no meio do livro. São Paulo: Pequena Zahar, 2019.

AL SAMARAEE, A. The impact of the Covid-19 pandemic on medical education. British Journal of Hospital Medicine, London, v. 81, n. 7, 2020, p. 1-4. Disponível em: https://www.magonlinelibrary.com/doi/epub/10.12968/hmed.2020.0191. Acesso em: 19 mai. 2021.

AMARAL, I. A. Metodologia do ensino de ciências como produção social. PROESF, Faculdade de Educação, UNICAMP, 2006. Disponível em: https://www.fe.unicamp.br/drupal/sites/www.fe.unicamp.br/files/pf/subportais/graduacao/proesf/textos1.pdf. Acesso em: 19 ago. 2021.

ALVES, A. I., FERAZ, G. C. T., PRUDENTE, T. C. A. Formação humana em tempos de pandemia: os docentes, sua vida e trabalho. Polyphonía, v. 31, n. 1, jan./jun., p. 385-405, 2020. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/sv/article/view/66968/35829. Acesso em: 8 dez. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria nº 188, de 03 de Fevereiro de 2020. Brasília, 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-188-de-3-de-fevereiro-de-2020-2414083. Acesso em: 19 mai. 2020.

CANDIDO, A. A literatura e a formação do homem. Ciência e Ciência. São Paulo, v. 24, n. 9, p.803-809, 1972.

CERRI, L. N. F. Uma inverdade conveniente: o ensino remoto emergencial. Epistemologia e Práxis Educativa, Teresina, v. 3, n. 3, p. 97-118, 2020.

COLASANTI, M. Eu sei, mas não devia. 1996. Rio de Janeiro: Rocco, 1996.

CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE SAÚDE. Carta dos secretários estaduais de saúde à Nação Brasileira, 1º de março de 2021. Disponível em: https://www.conass.org.br/carta-dos-secretarios-estaduais-de-saude-a-nacao-brasileira/. Acesso: 21 maio 2021.

COUTO, M. Mia Couto: repensar o pensamento, redesenhando fronteiras, 10 de agosto de 2014. Disponível em: https://www.fronteiras.com/artigos/mia-couto-repensar-o-pensamento-redesenhando-fronteiras. Acesso em: 21 mai. 2021.

COUTO, M. O último voo do flamingo. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 30. ed. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 2007.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 59. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2019.

GUDOLLE, L. S.; BLANDO, A.; FRANCO, S. R. K. Ensino remoto emergencial na educação superior: uma reflexão baseada em Paulo Freire. Revista Inter-Ação, v. 46, edição especial, 1178-1189, 2021.

MARSICO, G. The borderland. Culture & Psychology, v. 22, n. 2, p. 206–215, 2016.

MASETTO, M. Didática: a aula como centro. 3. ed. São Paulo: FTD, 1996.

O GLOBO. OMS decreta pandemia mundial por novo coronavírus. O Globo Sociedade, 11 de março de 2020. Disponível em: https://oglobo.globo.com/sociedade/coronavirus/oms-decreta-pandemia-mundial-por-novo-coronavirus-24298652. Acesso: 19 mai. 2021.

OPAS. Infográfico - Covid-19 doença causada pelo coronavírus 2019: Informe-se. Brasília, 13 março de 2020. Disponível em: https://www.paho.org/pt/covid19. Acesso em 19 mai. 2021.

ROCHA, R. Quem tem medo do novo. Rio de Janeiro: Salamandra, 2015.

SÁ, A. C. A. M. et al. (Orgs). Diretrizes didático-pedagógicas para a organização do ensino remoto na UFG. [E-Book]. Goiânia: Cegraf, 2020. Disponível em: https://publica.ciar.ufg.br/ebooks/ensino-remoto-ufg/index.html. Acesso em: 19 mai. 2021.

SANTOS, S. V. et al. Literar com a infância no enfrentamento do (des)conhecido. Goiânia: Cegraf UFG, 2021. E-book. Disponível em: https://publica.ciar.ufg.br/temporario/literar-com-infancia/index.html#fichatecnica. Acesso em: 23 jan. 2022.

SAVIANI, D. Pedagogia Histórico-Crítica. 11 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. Resolução - CONSUNI nº 33, de 14 de agosto de 2020a. Franqueia regras do Regulamento Geral dos Cursos de Graduação - RGCG, aprovado pela Resolução CEPEC nº 1557, de 1º/12/2017, enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus e até nova deliberação. Disponível em: https://sistemas.ufg.br/consultas_publicas/resolucoes/arquivos/Resolucao_CONSUNI_2020_0033.pdf. Acesso em: 17 mai. 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS. Resolução - CONSUNI nº 34/2020, de 14 de agosto de 2020b. Aprova a Instrução Normativa CONSUNI Nº 01/2020 que dispõe sobre procedimentos relativos a todas as atividades escolares da educação básica e acadêmicas da graduação no modo de ensino remoto. Disponível em: https://sistemas.ufg.br/consultas_publicas/resolucoes/arquivos/Resolucao_CONSUNI_2020_0034.pdf. Acesso em: 22 mai. 2021.

VIGOTSKI, L. S. Teoria e Método em Psicologia. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

VIGOTSKI, L. S. Imaginação e criação na infância. São Paulo: Expressão Popular, 2018.

VIGOTSKI, L. S. Psicologia da arte. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

VIGOTSKI, L. S. Psicologia, educação e desenvolvimento: escritos de L. S. Vigotski. São Paulo: Expressão Popular, 2021.

XIAO, C; Li, Yi. Analysis on the influence of epidemic on Education in China. American Ethnological Society. May 01, 2020. Disponível em: https://americanethnologist.org/features/collections/covid-19-and-student-focusedconcerns-threats-and-possibilities/analysis-on-the-influence-of-epidemic-on-education-in-china. Acesso em: 24 maio 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-10