ALÉM DOS QUARTOS: COLETÂNEA ERÓTICA FEMINISTA NEGRA LOUVA DEUSAS: A CONSTRUÇÃO DO CORPO NEGRO POR POETAS NEGRAS

Autores

  • Raissa Antunes da SILVA Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, Rio Grande do Su, Brasil, rlauana5@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/lep.v24i2.65343

Resumo

A produção poética, historicamente, é um espaço ocupado por homens, principalmente homens brancos. O discurso patriarcal e etnocêntrico regeu durante anos o que hoje consideramos como o cânone da poesia, evidenciando um único tipo de construção, uma única visão de mundo. Com o passar dos séculos, a poesia feminina foi adentrando esse espaço, tornando a composição poética mais inclusiva e repleta de representações. Com isso, a mulher passou a ser vista, não apenas por meio da construção poética de homens, mas também de suas próprias construções. Entretanto, quando falamos da mulher negra, pouco percebemos a existência de poemas que a trazem como alguém com subjetividade e desejos. Buscando contradizer essas narrativas pré-estabelecidas, o presente artigo tem por objetivo apresentar a antologia poética Além dos quartos: coletânea erótica feminista negra Louva Deusas publicada em 2015 pelo Louva Deusas: Coletivo Feministas Negras. Este artigo tem como motivação a apresentação de novas possibilidades de se fazer poesia, pensando no corpo feminino negro a partir da subjetividade da mulher preta e da coletividade social que a cerca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raissa Antunes da SILVA, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, Rio Grande do Su, Brasil, rlauana5@gmail.com

Mestranda em Teoria da Literatura pela PUC-RS e Bolsista CNPq.

Downloads

Publicado

28-02-2021

Como Citar

Antunes da SILVA, R. (2021). ALÉM DOS QUARTOS: COLETÂNEA ERÓTICA FEMINISTA NEGRA LOUVA DEUSAS: A CONSTRUÇÃO DO CORPO NEGRO POR POETAS NEGRAS. Linguagem: Estudos E Pesquisas, 24(2), 153–171. https://doi.org/10.5216/lep.v24i2.65343

Edição

Seção

Literatura de Autoria feminina: gênero, erotismo e interfaces