VANDALISMO E SOCIEDADE: PERCURSOS E RESULTADOS DE UM PROJETO DE LETRAMENTO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/lep.v24i1.64063

Resumo

O objetivo é partilhar experiências de um projeto de letramento de forma a realizar um conjunto de atividades que preconizam a leitura e a escrita como práticas sociais. A proposta de letramento foi realizada em uma escola estadual (Sinop/MT) e desenvolvida por meio de duas sequências didáticas – carta argumentativa e artigo de opinião. A turma na qual se realizou a proposta foi um 9º ano onde surgiu uma situação-problema de um fato narrado e debatido pelos alunos informalmente em sala de aula com relação ao vandalismo na escola.  Apresenta-se a sequência didática com base no gênero artigo de opinião. Os resultados evidenciam que as atividades das sequências didáticas no desenvolvimento do projeto de letramento possibilitaram um avanço na capacidade de escrita dos alunos, bem como na competência argumentativa. Mediante interação com as tecnologias digitais da informação e da comunicação os alunos construíram conhecimento em relação ao fenômeno social estudado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandra Ines Seganfredo SANTOS, Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Cáceres, Mato Grosso, Brasil, leandraines@unemat.br

Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), mestre em Estudos de Linguagem pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), doutora em Estudos Linguísticos (Linguística Aplicada) pela UNESP/IBILCE e pós-doutora em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem (PUC/SP). É professora concursada na UNEMAT, na área de Metodologia do Ensino, com experiência nos Cursos de Pedagogia e Letras, com ênfase em formação docente e ensino de língua materna e língua estrangeira na Educação Básica. Professora permanente dos Programas de Mestrado em Linguística e PROFLETRAS (UNEMAT). Coordena o subprojeto PIBID Interdisciplinar – Formação para a Diversidade: Educação Linguística, Educação para a Diversidade Cultural e Educação Ambiental nas Licenciaturas no contexto da Amazônia Mato-Grossense e entorno do Parque do Xingu.

Franciane Gobbi SANTOS, Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Cáceres, Mato Grosso, Brasil, francigobbi@hotmail.com

Mestre pelo ProfLetras, UNEMAT câmpus Sinop/MT, membro do GEPLIAS (Grupo de Estudos e Pesquisas de Linguística Aplicada e Sociolinguística) e participa do Projeto MULTFOR (Multiletramentos e Tecnologia: Formação de Práticas Docentes).

Downloads

Publicado

2020-10-30

Como Citar

SANTOS, L. I. S.; SANTOS, F. G. . VANDALISMO E SOCIEDADE: PERCURSOS E RESULTADOS DE UM PROJETO DE LETRAMENTO. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 24, n. 1, p. 177–190, 2020. DOI: 10.5216/lep.v24i1.64063. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/64063. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

O ensino de línguas por meio de gêneros e mediado por tecnologias digitais