O LÉXICO DA MAGIA NAS CANTIGAS MEDIEVAIS DE AGOIROS, ASTROLOGIA E SUPERSTIÇÕES

Autores

  • Rafael Marques Ferreira Barbosa MAGALHÃES Universidade Federal da Bahia
  • Sandro Marcío Drumond Alves MARENGO Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.5216/lep.v23i1.63775

Resumo

Este artigo investiga o léxico pertinente ao campo associativo da magia nas cantigas medievais galego-portuguesas. Filiados a uma perspectiva filológica, acessamos a episteme da cultura galego-portuguesa por meio do seu repertório lexical. O corpus foi constituído pelas edições de algumas cantigas medievais galego-portuguesas. Analisamos as cantigas identificadas pelos subtemas Agoiros / astrologia / superstições, a partir dos quais foi possível levantar o léxico que nomina ou atualiza uma série de elementos que dizem respeito ao universo da magia. Foi construído, também, um índice em ordem alfabética, constante de todas as ocorrências identificadas no corpus. A partir desse trabalho, chegamos a alguns direcionamentos no entendimento da construção do conceito de magia na Idade Média. Concluímos que havia uma tendência a demonizar a mulher e que ainda não havia a implicação de magia como sinônimo de mau, mas uma forte tendência a associar o que é mágico ao fracasso e à decadência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Marques Ferreira Barbosa MAGALHÃES, Universidade Federal da Bahia

Aluno de Doutorado do Programa de Pós-graduação em Língua e Cultura (PPGLinC) da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Sandro Marcío Drumond Alves MARENGO, Universidade Federal de Sergipe

Professor do Programa de Pós-graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Doutor em Estudos Linguísticos (UFMG).

Downloads

Publicado

2020-06-04

Como Citar

MARQUES FERREIRA BARBOSA MAGALHÃES, R. .; MARCÍO DRUMOND ALVES MARENGO, S. . O LÉXICO DA MAGIA NAS CANTIGAS MEDIEVAIS DE AGOIROS, ASTROLOGIA E SUPERSTIÇÕES. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 23, n. 1, p. 75–89, 2020. DOI: 10.5216/lep.v23i1.63775. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/63775. Acesso em: 4 out. 2022.

Edição

Seção

História da Língua Portuguesa em diferentes perspectivas