UM OLHAR SOBRE A COMPREENSÃO RESPONSIVA EM AVALIAÇÕES DE LEITURA E INTERPRETAÇÃO DO TEXTO EM ALUNOS DA 12ª CLASSE EM MOÇAMBIQUE

Autores

  • David ANTÓNIO Universidade Licungo, Moçambique, neusalena@yahoo.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/lep.v23i2.61174

Resumo

Este artigo pretende fazer uma reflexão sobre a compreensão responsiva em avaliações de leitura e interpretação, aplicadas em alunos com o nível de 12ª classe do Ensino Secundário Geral em Moçambique. Assim, questionamos como a compreensão responsiva se manifesta nas respostas apresentadas ao questionário usado para a avaliação da disciplina de Língua Portuguesa (LP) por esses alunos. O estudo terá o seu fundamento na perspectiva de Bakhtin, do seu círculo, bem como de pesquisadores brasileiros, considerando a responsividade como a posição (responsiva) ocupada simultaneamente em relação ao ouvinte por ele mesmo na percepção e compreensão pelo ouvinte do significado (linguístico) do discurso (BAKHTIN, 2003). Neste sentido, analisamos as respostas escritas de alunos acima citados em avaliações da disciplina de LP. Da análise feita, foi observada a existência de quatro formas de compreensão responsiva na escrita dos alunos, em respostas às perguntas apresentadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

David ANTÓNIO, Universidade Licungo, Moçambique, neusalena@yahoo.com

Professor Auxiliar da Universidade Licungo – Moçambique. Doutor em Letras pela Universidade Estadual de Maringá.

Downloads

Publicado

2021-10-30

Como Citar

ANTÓNIO, D. UM OLHAR SOBRE A COMPREENSÃO RESPONSIVA EM AVALIAÇÕES DE LEITURA E INTERPRETAÇÃO DO TEXTO EM ALUNOS DA 12ª CLASSE EM MOÇAMBIQUE. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 23, n. 2, p. 165–180, 2021. DOI: 10.5216/lep.v23i2.61174. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/61174. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos de temática livre