TRÊS VERSÕES PARA O ASSASSSINATO DE GISBERTA SALCE: A ANÁLISE DO DISCURSO NO JORNALISMO E NA ARTE

DISCOURSE ANALYSIS IN JOURNALISM AND ART

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/lep.v23i2.60633

Resumo

Este trabalho analisa três versões diferentes para o assassinato da transexual brasileira Gisberta Salce. O objetivo é averiguar como a morte de Gisberta foi transformada em discurso a partir das narrativas do campo jornalístico, por meio da análise de uma reportagem, e do campo da arte, por meio da análise de um poema e de uma música. Recorreu-se ao método de pesquisa bibliográfica e análise dos discursos e buscou-se averiguar como questões como transexualidade, soropositividade e marginalização foram abordadas discursivamente a partir da história da brasileira.

Palavras-chave: discurso; transexualidade; soropositividade; transfobia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-10-30

Como Citar

NUNES, A. V. A. TRÊS VERSÕES PARA O ASSASSSINATO DE GISBERTA SALCE: A ANÁLISE DO DISCURSO NO JORNALISMO E NA ARTE: DISCOURSE ANALYSIS IN JOURNALISM AND ART. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 23, n. 2, p. 151–163, 2021. DOI: 10.5216/lep.v23i2.60633. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/60633. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos de temática livre