LITERATURA COMPARADA: OS DESDOBRAMENTOS DA TEMÁTICA POLICIAL NAS NARRATIVAS JUVENIS BRASILEIRA E PORTUGUESA

Autores

  • Andressa FAJARDO Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.5216/lep.v19i1.39887

Resumo

A narrativa juvenil brasileira das últimas décadas, constituindo um subsistema diferenciado do infantil, tem mostrado diferentes facetas temáticas e formais, inclusive com a revitalização de gêneros literários, como o romance policial, contribuindo para aproximar jovens leitores dessa produção. A partir dessa perspectiva, este trabalho destina-se a analisar, com respaldo nos estudos comparativos, os possíveis pontos de contato entre a literatura juvenil contemporânea brasileira e a sua vertente portuguesa, as quais se apropriam de elementos típicos da narrativa policial. Além disso, a escolha do tema deu-se pela tentativa de estabelecer não apenas, uma relação interliterária entre as produções de ambos os países, mas também observar aquilo que transcende o elemento literário, ao incluir motivações de caráter cultural e social, a partir do cotejamento entre as narrativas juvenis contemporâneas brasileiras e portuguesas, que servirão como corpus de análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa FAJARDO, Universidade Estadual de Maringá

Mestre em Teoria Literária (2014), pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e doutoranda em Estudos Literários, pela mesma instituição.

Downloads

Publicado

2016-02-22

Como Citar

FAJARDO, A. LITERATURA COMPARADA: OS DESDOBRAMENTOS DA TEMÁTICA POLICIAL NAS NARRATIVAS JUVENIS BRASILEIRA E PORTUGUESA. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 19, n. 1, 2016. DOI: 10.5216/lep.v19i1.39887. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/39887. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Faces e interfaces da literatura infantil e juvenil