ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ACERCA DA ESCRITURA E DO CONCEITO DE “JOGO” EM WITTGENSTEIN, DERRIDA E KOSTAS AXELOS DOI: 10.5216/lep.v15i2.25123

Autores

  • Rodrigo Guimarães SILVA Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Minas Gerais

Resumo

Este ensaio busca desenvolver algumas reflexões sobre a “escritura” e o “jogo” a partir das reflexões de Ludwig Wittgenstein, Jacques Derrida e Kostas Axelos. Para tanto, foram analisados, especialmente os livros Investigações filosóficas (de Wittgenstein); Gramatologia, A escritura e a diferença, A farmácia de Platão (de Derrida); Vers la pensée planétaire, Le jeu du mondee Métamorphoses (de Kostas Axelos), nos quais esses filósofos desdobram  suas concepções de linguagem e de jogo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Guimarães SILVA, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Minas Gerais

Doutor em Literatura Comparada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor Adjunto de Teoria da Literatura da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Brasil; Professor  Colaborador do Mestrado em Literatura Brasileira da Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES), Brasil.

 

Downloads

Publicado

2014-10-22

Como Citar

SILVA, R. G. ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ACERCA DA ESCRITURA E DO CONCEITO DE “JOGO” EM WITTGENSTEIN, DERRIDA E KOSTAS AXELOS DOI: 10.5216/lep.v15i2.25123. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 15, n. 2, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/32425. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos de temática livre