A IDENTIDADE DO IMIGRANTE ALEMÃO: A LÍNGUA, ELEMENTO SIMBÓLICO DE IDENTIFICAÇÃO DOI: 10.5216/lep.v15i2.25119

Autores

  • Vejane GAELZER Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha, Rio Grande do Sul.

Resumo

Esta pesquisa tece considerações sobre a questão dos elementos de identificação dos imigrantes e seus descendentes. Uma forma de estudar a identidade é observar a relação do imigrante com  a língua, a sua história e sua memória. A língua, à luz do materialismo histórico, assume materialidade e nela sentidos são constituídos, silenciados, e/ou excluídos a partir de condições de produção desses sentidos. Nosso trabalho está pautado nas concepções de língua e de sujeito de Pêcheux (1997).

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vejane GAELZER, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha, Rio Grande do Sul.

Doutora em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha, Brasil.

 

Downloads

Publicado

2014-10-22

Como Citar

GAELZER, V. A IDENTIDADE DO IMIGRANTE ALEMÃO: A LÍNGUA, ELEMENTO SIMBÓLICO DE IDENTIFICAÇÃO DOI: 10.5216/lep.v15i2.25119. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 15, n. 2, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/32420. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Linguagem, Cultura e Identidade