A ESCRITA TRAVESTIDA DE DESEJO: TRAVESTIMENTO, ESCRITA E HOMOEROTISMO EM LÚCIO CARDOSO DOI: 10.5216/lep.v15i2.25116

Autores

  • Leandro Júnio Santos QUEIROZ Universidade Estadual de Montes Claros, Minas Gerais.

Resumo

Esta pesquisa, ainda em desenvolvimento, estuda as fecundas relações entre corpo, escrita e desejo investigando o homoerotismo, a identidade e o travestimento no tecido narrativo da novela O desconhecido (1940), do escritor mineiro Lúcio Cardoso. Tais temas estão ligados, na narrativa, pelos discursos da interdição e da transgressão.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Júnio Santos QUEIROZ, Universidade Estadual de Montes Claros, Minas Gerais.

Mestre em Letras – Estudos Literários, pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES), Brasil.

 

Downloads

Publicado

2014-10-22

Como Citar

QUEIROZ, L. J. S. A ESCRITA TRAVESTIDA DE DESEJO: TRAVESTIMENTO, ESCRITA E HOMOEROTISMO EM LÚCIO CARDOSO DOI: 10.5216/lep.v15i2.25116. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 15, n. 2, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/32417. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Linguagem, Cultura e Identidade