METAFORIZAÇÃO E ARGUMENTATIVIDADE NO PROCESSO DE REPRESENTAÇÃO SOCIAL NO/DO DISCURSO DOI: 10.5216/lep.v15i2.25115

Autores

  • Juçara Moreira TEIXEIRA Universidade Federal de Minas Gerais, Minas Gerais.
  • Antônio Luiz ASSUNÇÃO Universidade Federal de São João Del-Rei, Minas Gerais.

Resumo

A Análise Crítica do Discurso e a Análise de Discurso Textualmente Orientada (FAIRCLOUGH, 1999; 2001) propõem uma análise empírica do material linguístico associado às Ciências Sociais a fim de compreender os discursos veiculados na sociedade. Adotamos essa perspectiva teóricometodológica para analisarmos uma reportagem da revista  Veja, a fim  de elucidarmos  os mecanismos linguísticodiscursivos, ideológicos e sociais envolvidos na argumentação de um sujeito enunciador que se posiciona no discurso, constrói sua argumentação e busca agir sobre o seu interlocutor, ao tentar convencê-lo da verdade que defende. Para analisarmos os mecanismos linguístico-discursivos, adotaremos as perspectivas de Lakoff & Johnson (2002) sobre as metáforas e de Ducrot (1987) sobre os pressupostos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juçara Moreira TEIXEIRA, Universidade Federal de Minas Gerais, Minas Gerais.

Mestre em Teoria Literária e Crítica da Cultura pela Universidade Federal de São João Del-Rei, Minas Gerais. Professora de Língua Portuguesa (Centro Pedagógico/Escola de Educação básica e  profissional/Universidade Federal de Minas Gerais), Brasil.

 

Antônio Luiz ASSUNÇÃO, Universidade Federal de São João Del-Rei, Minas Gerais.

Doutor em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de São João Del-Rei, Minas Gerais (Promel/UFSJ), Brasil.

 

Downloads

Publicado

2014-10-22

Como Citar

TEIXEIRA, J. M.; ASSUNÇÃO, A. L. METAFORIZAÇÃO E ARGUMENTATIVIDADE NO PROCESSO DE REPRESENTAÇÃO SOCIAL NO/DO DISCURSO DOI: 10.5216/lep.v15i2.25115. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 15, n. 2, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/32416. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Linguagem, Cultura e Identidade