O NARRADOR PÓS-MODERNO NO CONTO “THE BABYSITTER”, DE ROBERT COOVER DOI: 10.5216/lep.v15i2.25114

Autores

  • Fernanda Aquino SYLVESTRE Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Unidade Acadêmica de Letras, Campina Grande-Paraíba.

Resumo

Robert Coover é um importante escritor norte-americano preocupado com as perspectivas sociais, psicológicas, econômicas e políticas contemporâneas e com o modo como elas se configuram na formação da sociedade norte-americana. Essa preocupação se reflete tanto nas técnicas de construção de suas histórias, quanto nas críticas apresentadas em  suas narrativas. O trabalho em questão aborda o tratamento que o autor dá ao narrador no conto “The babysitter”, dentro de uma perspectiva pós-moderna, baseada nas considerações teóricas de Silviano Santiago acerca do narrador.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Aquino SYLVESTRE, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Unidade Acadêmica de Letras, Campina Grande-Paraíba.

Professora Adjunto da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Unidade Acadêmica  de Letras, Campina Grande-Paraíba, Brasil.

Downloads

Publicado

2014-10-22

Como Citar

SYLVESTRE, F. A. O NARRADOR PÓS-MODERNO NO CONTO “THE BABYSITTER”, DE ROBERT COOVER DOI: 10.5216/lep.v15i2.25114. Linguagem: Estudos e Pesquisas, Goiânia, v. 15, n. 2, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/lep/article/view/32415. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Linguagem, Cultura e Identidade