Chamada para publicação - Linguagem: Estudos e Pesquisas, vol. 24, n. 1

2019-12-10

Dossiê Temático: O ensino de línguas por meio de gêneros e mediado por tecnologias digitais

Ementa: O dossiê proposto originou-se de discussões realizadas durante o processo de coordenação de um simpósio temático no X SIGET - SIMPOSIO INTERNACIONAL DE ESTUDIOS DE GÉNEROS TEXTUALES, realizado na Facultad de Lenguas, da Universidad Nacional de Córdoba (UNC), Argentina, de 16 a 18 de setembro de 2019, e tem como objetivo reunir estudos que promovam reflexões de cunho teórico-metodológico e prático sobre o ensino de línguas por meio de gêneros discursivos e mediado por tecnologias digitais. Nesse sentido, intenta agregar trabalhos que: a) tematizem as políticas institucionais de ensino de línguas no Brasil e em outros países, analisando e discutindo documentos oficiais, propostas curriculares, linhas editoriais e materiais didáticos; b) revelem propostas didáticas aplicadas, centradas no ensino de línguas por meio de gêneros e mediado por tecnologias digitais, bem como seus resultados;  c) investiguem o funcionamento da língua em um ou mais gêneros, assumindo-os como elementos centrais nos processos de ensino e aprendizagem e como forma de ação e de interação dos sujeitos nos diferentes campos de atuação humana; d) focalizem a formação de professores no tocante ao trabalho com os gêneros e as tecnologias digitais no ensino de línguas; e) evidenciem e discutam as potencialidades e dificuldades do trabalho com os gêneros e as tecnologias no ensino de línguas.

Além dos artigos para o dossiê temático, a LINGUAGEM: Estudos e Pesquisas ainda receberá artigos para a Sessão Temática Livre, Resenhas e Entrevistas, desde que estejam no escopo dos Estudos da Linguagem.

Prazos: O envio do artigo deve ser feito exclusivamente pelo site da revista, conforme orientações disponíveis em submissões, até o dia 15 de março de 2020.

Organizadores:

Profa. Dra. Anair Valênia – Universidade Federal de Goiás – UFG

Docente da Universidade Federal de Goiás-UFG, com atuação no Programa de Pós-Graduação Estudos da Linguagem. Membro da American Organization of Teachers of Portuguese-AOTP. Líder do Grupo de Pesquisa Gênero Discursivo e Ensino de Língua-GEGDEL. Coordenadora do Programa Residência Pedagógica. Mestre em Linguística pela Universidade Federal de Uberlândia-UFU e Doutora pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP.

Profa. Dra. Helena Maria Ferreira – Universidade Federal de Lavras – UFLA
Docente da Universidade Federal de Lavras-UFLA, com atuação no Programa de Pós-Graduação em Letras e no Programa de Pós-Graduação em Educação. Textualidades em Gêneros Multissemióticos e Formação de Professores de Língua Portuguesa (TEXTUALIZA). Mestre em Linguística pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e Doutora pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Profa. Dra. Maria Aparecida Resende Ottoni – Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Professora associada da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), onde atua no Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, mestrado e doutorado, e no Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Letras. É também docente dos cursos de graduação em Letras e em Jornalismo, líder do Grupo de Pesquisas e Estudos em Análise de Discurso Crítica e Linguística Sistêmico-Funcional e membro do Centro de Pesquisas em Ensino de Língua Portugue­sa. Seu trabalho é voltado para o ensino de Língua Portuguesa e para a análise dos gêneros, dos discursos e das identidades vincula­dos a diferentes práticas sociais, na perspectiva da Análise de Discurso Crítica.