PREVALÊNCIA DE HELMINTOS EM GATOS (Felis catus domesticus) DE GOIÂNIA

Autores

  • Dulcinéia Barbosa Campos
  • Irene Machado Garibaldi
  • José Roberto Carneiro

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpt.v3i4.22592

Resumo

Os autores necropsiaram 37 gatos procedentes de Goiânia e encontraram as seguintes prevalências de helmintos:
Ancylostoma caninum 73%, Ancylostoma braziliense 52%, Physaloptera praeputialis 46%, Dipyllidium caninum 21,5%, Toxocara cati 19%, Pseudophyllidea 3 %, Aelurostrongylus
abstrusus 2%, Acantocephalos 2%, Hydatigera taeniaeformis 3%.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

BARBOSA CAMPOS, D.; MACHADO GARIBALDI, I.; ROBERTO CARNEIRO, J. PREVALÊNCIA DE HELMINTOS EM GATOS (Felis catus domesticus) DE GOIÂNIA. Revista de Patologia Tropical / Journal of Tropical Pathology, Goiânia, v. 3, n. 4, 2007. DOI: 10.5216/rpt.v3i4.22592. Disponível em: https://revistas.ufg.br/iptsp/article/view/22592. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS / ORIGINAL ARTICLES