CROMOBLASTOMICOSE DOS MEMBROS SUPERIORES

Autores

  • Nelson Guimaraes Proença
  • Humberto Fruchi
  • Helena Mulher

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpt.v7i3%20e%204.21428

Resumo

A cromoblasmicose dos membrossuperiores é pouco frequente noBrasil, porém não tão rara quintose pensa.Tivemos oportunidade de obtervar,recentemente, cinco doentescom tal localização. Seu estudo foi0 objeto do presente trabalho. Osseguintes aspectos foram postos emdestaque;1 — A cromoblastomicose pareceser mais benigna nos membrossuperiores, com menos tendênciaa se expandir. Isto foi observadoem 4 de nossos doentes.Em um quinto paciente a duraçãoainda era curta, não permitindoconcluir sobre a evoluçãoda doença.í —• Formas atípicas foram observadasem dois dos cinco doentes;imbas eram mulheres, sendo alesão do tipo nodular, em mrae ulcerosa, em outra.3 — A pequena extensão das lesSesfavorece a escolha de métodoscirúrgicos, para seu tratamento.Em três doentes foi feita a curetagemcom cletrocoagulaçãoe, em um, a exérese da lesão.O quinto paciente não quis sesubmeter a nenhum tratamento.A propósito dos casos observadosfoi feita uma revisSo sumária da literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

PROENÇA, N. G.; FRUCHI, H.; MULHER, H. CROMOBLASTOMICOSE DOS MEMBROS SUPERIORES. Revista de Patologia Tropical / Journal of Tropical Pathology, Goiânia, v. 7, n. 3 e 4, 2007. DOI: 10.5216/rpt.v7i3 e 4.21428. Disponível em: https://revistas.ufg.br/iptsp/article/view/21428. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS / ORIGINAL ARTICLES