IDENTIFICAÇÃO DAS LEVEDURAS DO GÊNERO Candida POR MÉTODOS MANUAIS CONVENCIONAISE PELO MÉTODOCROMÓGENO CHROMAGAR CANDID.

Autores

  • Crystiane Rodrigues de Araujo
  • Karla Carvalho Miranda
  • Xisto Sena Passos
  • Lúcia Kioko Hasimoto Souza
  • Janine de Aquino Lemos
  • Claudine Hassan Abbas Khrais
  • Carolina Rodrigues Costa
  • Maria do Rosário Rodrigues Silva
  • Orionalda de Fátima Lisboa Fernandes

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpt.v34i1.2135

Resumo

Diferentes meios cromógenos de cultivo, fundamentados na cor desenvolvida pelas colônias através de indicadores de pH e fermentação de compostos específicos ou substratos cromógenos, têm sido utilizados para diferenciar Candida albicans e outras leveduras de interesse clínico. O meio de cultura CHROMagar Candida é usado para isolar e identificar presuntivamente C. albicans, C. krusei e C. tropicalis. Neste trabalho, o meio cromógeno CHROMagar? Candida foi usado para a identificação de 53 leveduras previamente identificadas por métodos manuais convencionais como Candida albicans (34), C. tropicalis (7), C. krusei (5) C. glabrata (4) e C. parapsilosis (3). Das 34 amostras identificadas por métodos convencionais como C. albicans, 30 (88,2%) apresentaram a coloração verde-escura brilhante própria desta espécie no meio cromogênico. As características relativas à coloração e à morfologia, mostradas em CHROMagar Candida, apresentaram-se compatíveis com C. krusei, C. glabrata e C. parapsilosis em todas as amostras estudadas, enquanto 5 dos 7 isolados (71,4%) de C. tropicalis apresentaram a coloração azul característica desta espécie. Com os resultados obtidos concluiu-se que o meio CHROMagar Candida pode ser útil na identificação presuntiva das espécies do gênero Candida.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-10-25

Como Citar

DE ARAUJO, C. R.; MIRANDA, K. C.; PASSOS, X. S.; SOUZA, L. K. H.; LEMOS, J. de A.; ABBAS KHRAIS, C. H.; COSTA, C. R.; SILVA, M. do R. R.; FERNANDES, O. de F. L. IDENTIFICAÇÃO DAS LEVEDURAS DO GÊNERO Candida POR MÉTODOS MANUAIS CONVENCIONAISE PELO MÉTODOCROMÓGENO CHROMAGAR CANDID. Revista de Patologia Tropical / Journal of Tropical Pathology, Goiânia, v. 34, n. 1, 2007. DOI: 10.5216/rpt.v34i1.2135. Disponível em: https://revistas.ufg.br/iptsp/article/view/2135. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS / ORIGINAL ARTICLES