BARROS, J. C. D. A crítica à retrodição e à noção meca nicista de progresso: Nietzsche, Benjamin e Guha - doi: 10.5216/hr.v15i2.14133. História Revista, Goiânia, v. 15, n. 2, p. 341–372, 2011. DOI: 10.5216/hr.v15i2.14133. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/14133. Acesso em: 23 fev. 2024.