SANEAMENTO BÁSICO EM TEMPOS DE PANDEMIA DE COVID-19 NO BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revgeoamb.i41.68723

Resumo

O saneamento básico é um assunto de grande relevância no contexto da saúde pública. Observa-se, atualmente, que a pandemia causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 fortalece a necessidade do fornecimento de serviços de saneamento essenciais à população, e a disponibilização de água tratada mostra-se ainda mais importante, sendo vista como forma de enfrentamento dos impactos decorrentes da situação atual. O objetivo do estudo é identificar ações de enfrentamento no tocante à proteção financeira da população no fornecimento do serviço de saneamento básico para mitigar o alastramento da Covid-19. Para atender ao objetivo deste estudo o método adotado é de natureza aplicada, pois possibilita gerar conhecimentos a partir da realidade estudada. Neste estudo os dados foram coletados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, do Instituto Trata Brasil e do Ministério da Saúde. Os resultados revelam que as ações adotadas pelas companhias responsáveis pela prestação de serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário durante a pandemia de Covid-19, como por exemplo a criação de mecanismos de proteção financeira – suspensão do corte por inadimplência ou isenção da cobração da tarifa social são fundamentais para ampliar o acesso a tais serviços neste cenário. Somado a isso, intervenções de curto prazo na forma de flexibilidade ou isenção dos pagamentos das tarifas de água e esgoto para as pessoas em situação de vulnerabilidade, contribuem para manter o abastecimento ininterrupto e evitar maior propagação do vírus por falta de condições básicas de higiene.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Helena Lombardo Ferreira, Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), Campinas, São Paulo, Brasil

Doutorado em Educação Matemática - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP).

Professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Sustentabilidade, Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Eduard Prancic, Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), Campinas, São Paulo, Brasil

Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos.

Professor da Faculdade de Administração da Pontifícia Universidade Católica de Campinas-São Paulo/Brasil.

Arquivos adicionais

Publicado

2021-12-08

Como Citar

SUGAHARA, C. R.; FERREIRA, D. H. L.; PRANCIC, E. SANEAMENTO BÁSICO EM TEMPOS DE PANDEMIA DE COVID-19 NO BRASIL. Geoambiente On-line, Goiânia, n. 41, 2021. DOI: 10.5216/revgeoamb.i41.68723. Disponível em: https://revistas.ufg.br/geoambiente/article/view/68723. Acesso em: 19 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos