ANÁLISE MORFOMÉTRICA DA BACIA HIDROGRÁFICA DA BARRAGEM DO RIO COCO (TO)

Autores

  • Thiago Cabral Souza Universidade Federal do Tocantins - UFT
  • Raphael Medeiros Lima Universidade Federal do Tocantins - UFT
  • Waldo Coelho Bitencourt Universidade Federal do Tocantins - UFT

DOI:

https://doi.org/10.5216/revgeoamb.vi37.59186

Resumo

A análise dos aspectos morfométricos de bacias hidrográficas é importante para compreender a dinâmica ambiental presente, sendo importante ferramenta para determinação dos níveis de utilização e restrição dos recursos disponíveis. O presente estudo teve como foco o mapeamento e identificação das características da Bacia Hidrográfica da Barragem do Rio Coco, que tem importante papel no abastecimento de água da cidade de Paraíso do Tocantins. Foram utilizadas ferramentas de sistemas de informação geográfica para mapear e caracterizar a bacia. Os resultados mostraram que a bacia não é susceptível a enchentes por possuir forma mais alongada, o que faz com que a água precipitada atinja o exutório em tempos diferentes, que a bacia tem elevada aptidão para reflorestamento, o que impacta o uso e ocupação do solo, visto que cerca de 83% da bacia é coberta por Mata Ciliar e Vegetação Nativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Arquivos adicionais

Publicado

2020-06-18

Como Citar

SOUZA, T. C.; LIMA, R. M.; BITENCOURT, W. C. ANÁLISE MORFOMÉTRICA DA BACIA HIDROGRÁFICA DA BARRAGEM DO RIO COCO (TO). Geoambiente On-line, Goiânia, n. 37, p. 73–87, 2020. DOI: 10.5216/revgeoamb.vi37.59186. Disponível em: https://revistas.ufg.br/geoambiente/article/view/59186. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos