APRECIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS MODELOS DE ESTIMATIVA DO TEMPO DE CONCENTRAÇÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAÍBA DO MEIO/AL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revgeoamb.v0i35.56890

Resumo

Uma das medidas não estruturais adotadas como instrumento favorável a mitigação dos danos provocados pelas enchentes e inundações em uma bacia hidrográfica de acordo com a literatura, são os sistemas de alertas. Neste contexto, o Tempo de Concentração é uma componente determinante na antecipação das ondas de cheias em estudos de modelagem hidrológicas. Este termo mostra a velocidade com que a bacia hidrográfica responde a um evento de chuva e é definido como o tempo necessário para que uma parcela da chuva precipitada no ponto mais distante da bacia contribua em uma seção de saída. Por isto, na literatura são encontrados diversos modelos empíricos (Equações), o que tem gerado dúvidas quanto a sua aplicação e qual modelo utilizar. Por consequência, foi usado neste estudo um conjunto de 10 (dez) modelos (Equações) no sentido de comparar ao um valor de referência (Tempo de Concentração estimado via hidrograma/heitograma) na bacia hidrográfica do rio Paraíba do Meio. Os resultados demonstraram forte divergência entre os modelos empíricos e o valor de referência, com uma acentuada subestimação, porém observou-se uma maior sensibilidade entre pares de modelos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Arquivos adicionais

Publicado

2019-10-21

Como Citar

SANTOS, A. G. dos; AMORIM, R. F. C.; PINHO, V. N. APRECIAÇÃO DO DESEMPENHO DOS MODELOS DE ESTIMATIVA DO TEMPO DE CONCENTRAÇÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAÍBA DO MEIO/AL. Geoambiente On-line, Goiânia, n. 35, p. 1–15, 2019. DOI: 10.5216/revgeoamb.v0i35.56890. Disponível em: https://revistas.ufg.br/geoambiente/article/view/56890. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos