REVISÃO SOBRE TÉCNICAS E TRATAMENTOS DE ÁGUAS PARA REUSO DOMÉSTICO

Autores

  • Andressa D’Agostin UDESC
  • Valter Antônio Becegato UDESC
  • Camila Angélica Baum UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5216/revgeoamb.v0i28.47277

Resumo

A problemática da água como recurso cada vez mais finito,suscita estudos acerca de alternativas para o tratamento das águas geradas em residências (negras e cinzas), assim como as pluviais, de forma que a sua qualidade final seja tal que possibilite o seu emprego como fonte alternativa para fins não potáveis. O presente trabalho objetivou revisar estudos que abordassem diferentes tratamentos para águas servidas domiciliares e pluviais para reuso em fins domésticos não potáveis, comparando sua eficiência com a normativa brasileira. Nesse contexto, faz-se necessária a adoção de medidas que visem à redução de consumo e conservação dos recursos hídricos disponíveis, o que implica na conscientização e mudança de hábitos por parte dos usuários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa D’Agostin, UDESC

Mestranda em Ciências Ambientais

Valter Antônio Becegato, UDESC

Doutor em Geologia Ambiental

Camila Angélica Baum, UDESC

Mestranda em Ciências Ambientais

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS. Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo. Conservação e Reuso da Água em Edificações. São Paulo: Prol Editora Gráfica, 152 p, 2005.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10844: Instalações prediais de águas pluviais. Rio de Janeiro, 13p. 1989.

_________. NBR 13969: Tanques sépticos - Unidades de tratamento complementar e disposição final dos efluentes líquidos - Projeto, construção e operação. Rio de Janeiro, 60 p, 1997.

BAZZARELLA, B.B. Caracterização e aproveitamento de água cinza para uso não-potável em edificações. 2005. 165 f. Dissertação de Mestrado. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2005.

BEGOSSO, L. Determinação de parâmetros de projetos e critérios para dimensionamento e configuração de wetlands construídas para tratamento de água cinza. 2009. 53 f. Dissertação de Mestrado. Campo Grande: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, 2009.

BRAGA, E.D. Estudos de reuso de água em condomínios residenciais. 2009. 144 p. Dissertação de Mestrado. Itajubá: Universidade Federal de Itajubá, 2009.

BRASIL. Ministério das Cidades. Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental. Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento: Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos – 2014. n. 20, 212 p. Brasília, 2016.

CASA DOS HÓLONS. Proposta. Disponível em: <http://www.casadosholons.com.br/proposta/>. Acesso em: 10 maio 2017.

CHRISPIM, M.C.Avaliação de um sistema de tratamento de águas cinzas em edificação de campus universitário. Dissertação de Mestrado. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública da USP, 2014.

FERRAZ, M. F.A.; SILVA, E. M. Estudo de Viabilidade de um Sistema de Tratamento para Reutilização de Água em Finalidades Domiciliares Diversas. Revista Eletrônica em Gestão,Educação e Tecnologia Ambiental - Santa Maria (Reget/UFSM), v. 19, n. 3, p. 702-712. set-dez. 2015.

FERREIRA, D.F. Aproveitamento de águas pluviais e reuso de águas cinzas para fins não potáveis em um condomínio residencial localizado em Florianópolis – SC. 152 f. Trabalho de Conclusão de Curso. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2005.

GALBIATI, A.F. Tratamento domiciliar de águas negras através de tanque de evapotranspiração. 2009. 38 f. Dissertação de Mestrado. Campo Grande: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, 2009.

GOMES, B.G.L.A. Tratamento de esgoto de pequena comunidade utilizando tanque séptico, filtro anaeróbio e filtro de areia. Dissertação de Mestrado. Campinas: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Unicamp, 2015.

HAFNER, A.V. Conservação e Reuso de Água em Edificações – experiências nacionais e internacionais. 2007. 177 p. Dissertação de Mestrado. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2007.

HESPANHOL, I. Um novo paradigma para a gestão de recursos hídricos. Estudos Avançados, São Paulo, v. 22, n. 63, p. 131-158, 2008. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142008000200009.

KNUPP, A.M. Desempenho de um sistema composto por um filtro anaeróbio e um “wetland” horizontal na produção de água para reúso predial a partir de água cinza clara. 2013. 157 f. Dissertação de Mestrado.Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2013.

MAESTRI, R.S. Biorreator à membrana como alternativa para o tratamento de esgotos sanitários e reúso da água. 2007. 117 f. Dissertação de Mestrado. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2007.

MARRARA, D.A.F. Filtração lenta em areia, manta não tecida e carvão ativado como pós-tratamento de efluentes domésticos e reuso. 2005. 117 f. Dissertação de Mestrado. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 2005.

MAY, S. Estudo da viabilidade do aproveitamento de água de chuva para consumo não potável em edificações. 2004. 189 p. Dissertação de Mestrado. São Paulo: Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, 2004.

________. Caracterização, Tratamento e Reúso de Águas Cinzas e Aproveitamento de Águas Pluviais em Edificações. 2009. 223 p. Tese de Doutorado. São Paulo: Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, 2009.

MEKONNEN, M. M.; HOEKSTRA, A. Y. Four billion people facing severe water scarcity. Science. Advances.,V2, N2, p.1 6, 2016.

MONTEIRO, R.C.M. Viabilidade técnica do emprego de “wetlands” para tratamento de água cinza visando o reúso não potável. 2009. 84 f. Dissertação de Mestrado. São Paulo: Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

MURAKAMI, M.F.; MORUZZI, R.B. Avaliação do amido natural como alternativa simples para tratamento de águas pluviais para fins de aproveitamento não potável. Teoria e Prática na Engenharia Civil, n.20, p.1-13, Novembro, 2012.

NIREMBERG, L.P.; REIS, R.P.A. Avaliação do desempenho de sistema de reuso de água de uma edificação unifamiliar em Goiânia – GO. Revista Eletrônica de Eng. Civil – REEC, n. 1, v. 10, p. 1-13. 2010.

PANSONATO, N. Tratamento e reuso de água cinza utilizando wetlands construídos e desinfecção solar. 2010. 86 f. Dissertação de Mestrado. Campo Grande: Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, 2010.

PETERS, M.R. Potencialidade de uso de fontes alternativas de águas para fins não potáveis em uma unidade residencial. 109 f. Dissertação de Mestrado. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2006.

PERTEL, M. Caracterização do uso da água e da energia associada à água em uma edificação residencial convencional e uma dotada de sistema de reuso de águas cinza. Dissertação de Mestrado. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2009.

PHILIPPI, L.S; SEZERINO, P. H; PETERS, M. R; LAPOLLI, F. R. Reuso combinado de águas cinzas (greywater) e água da chuva em uma unidade residencial.7 p. XXIII Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. ABES: Campo Grande, 2005.

PHILIPPI JR, A.; MALHEIROS, T.F. Saneamento e Saúde Pública: Integrando Homem e Ambiente. In: PHILIPPI JUNIOR, A. (Ed.). Saneamento, Saúde e Ambiente: Fundamentos para um desenvolvimento sustentável. Barueri: Manole, p. 3-31, 2005.

PIRES, J.D.T.S. Reúso de água e aproveitamento da água de chuva como fontes alternativas em propriedades rurais. 2012. 140 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.

RAMPELOTTO, G. Caracterização e Tratamento de Águas Cinzas Visando o Reúso Doméstico. 2014. 117 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2014.

RAPOPORT, B. Águas cinzas: caracterização, avaliação financeira e tratamento para reuso domiciliar e condominial. 2004. 85 f. Rio de Janeiro: Ministério da Saúde/ Fundação Oswaldo Cruz/ Escola Nacional de Saúde Pública, 2004.

SANTOS, H.V.R. Reuso não potável de água em edifícios. 2012. 51 f. Dissertação (Mestrado em Planejamento e Gestão Ambiental) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2012.

SARNAGLIA, S.A.A. Desempenho de um “wetland” vertical aplicado ao tratamento do efluente de um filtro anaeróbio em uma estação de tratamento de águas cinzas claras visando o reuso não potável em edificações residenciais. Dissertação de Mestrado. Vitória: Centro Tecnológico da UFES, 2014.

SEIBERT, A.L. Proposição de um sistema envolvendo Processos Oxidativos Avançados para o tratamento de efluentes residenciais visando o reuso. 2012. 94 p. Dissertação (Mestrado em Ambiente e Desenvolvimento) – Centro Universitário Univates, Lajeado, 2012.

SELLA, M.B. Reúso de águas cinzas: avaliação da viabilidade da implantação do sistema em residências. 2011. 87 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

SILVA, M.A.; SANTANA, C.G. Reuso da água: possibilidades de redução do desperdício nas atividades domésticas. Revista do CEDS: Periódico do Centro de Estudos em Desenvolvimento Sustentável da UNDB, São Luís, v.1, n.1, ago./dez. 2014.

SOARES, A.L.J. Conceitos básicos sobre permacultura. Brasília: MA/SDR/PNFC, 53p. 1998.

SOUZA, A.F.S. Diretrizes para implantação de sistema de reuso de água em condomínios residenciais baseadas no método APPCC – Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle: Estudo de Caso Residencial Valville I. 2008. 176 p. Dissertação de Mestrado. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2008.

TONETTI, A,L; CORAUCCI FILHO, B; NICOLAU, C,E; BARBOSA, M; TONON, D.. Tratamento de esgoto e produção de água de reúso com o emprego de filtros de areia. Engenharia Sanitária Ambiental., Rio de Janeiro, v. 17, n. 3, p. 287-294. set. 2012.

VALENTINA, R.S.D. Gerenciamento da qualidade e da quantidade de água cinza em uma edificação residencial de alto padrão com vistas ao seu reuso não-potável. Dissertação de Mestrado. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2009.

VARGAS, G.D.L.P. Tratamento terciário de esgoto sanitário através de Processos Oxidativos Avançados para a obtenção de águas de reuso. Tese de Doutorado. Florianópolis: Centro Tecnológico da UFSC, 2008.

VAZ, L.O. Avaliação do risco microbiológico decorrente do reuso de águas cinza em uma edificação residencial de alto padrão. Dissertação de Mestrado. Vitória: Centro Tecnológico da Universidade Federal do Espírito Santo, 2009.

ZOLETT, E. R.; JABUR, A. S.; SILIPRANDI, E. M.Uso de polímero natural a base de Tanino (Tanfloc) para o tratamento de água para o consumo humano. In: XVII SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA UTFPB, Pato Branco. 2012.

Downloads

Publicado

2017-06-14

Como Citar

D’AGOSTIN, A.; BECEGATO, V. A.; BAUM, C. A. REVISÃO SOBRE TÉCNICAS E TRATAMENTOS DE ÁGUAS PARA REUSO DOMÉSTICO. Geoambiente On-line, Goiânia, n. 28, 2017. DOI: 10.5216/revgeoamb.v0i28.47277. Disponível em: https://revistas.ufg.br/geoambiente/article/view/47277. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos