[1]
M. A. G. de M. BRITO, “CONSIDERAÇÕES SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE”, Rev. Eletr. Enferm., vol. 2, nº 2, dez. 2006.