Nós sobrevivemos a tudo! Cuidado e trabalho colaborativo nos povos Kukama Kukamiria da Amazônia peruana diante da COVID-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/sec.v24.66318

Resumo

Este é um artigo sobre como povos indígenas das terras baixas do Rio Marañón, na Amazônia peruana, têm respondido à atual pandemia de COVID-19. A análise se situa nas margens do Estado e em ambientes contaminados por petróleo, onde as comunidades Kukama Kukamiria têm realizado ações de cuidado como atos políticos de sobrevivência.
São formas de trabalho colaborativo não assalariado que não são reconhecidas em um sistema capitalista, mas que configuram ações políticas de sobrevivência diante dele. O artigo descreve esses cuidados no quadro de uma longa relação de não reconhecimento e exploração do Estado para com os povos indígenas amazônicos. Também analisamos
como o cuidado apresenta desafios metodológicos, políticos e éticos que precisam ser considerados na etnografia remota, a distância e virtual, e que sugerem uma proposta de trabalho colaborativo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eugenia Ulfe, Pontificia Universidad Católica del Perú, Lima, Perú

Profesora e investigadora en Antropología de la Pontificia Universidad Católica del Perú. PhD en Human Sciences de la Universidad George Washington, Washington DC, Estados Unidos.

Roxana Vergara, Pontificia Universidad Católica del Perú, Lima, Perú

Abogada y maestría en antropología por la Pontificia Universidad Católica del Perú, cuenta con diversos diplomas sobre interculturalidad, derechos humanos y políticas de género de universidades en Perú, Brasil y Costa Rica. Trabaja en la Pontificia Universidad Pontificia del Perú como gestora de maestría en Investigación Jurídica e investigadora asistente del Centro de Investigación, Capacitación y Asesoría Jurídica.

Publicado

08-09-2021

Como Citar

Ulfe, M. E., & Vergara, R. (2021). Nós sobrevivemos a tudo! Cuidado e trabalho colaborativo nos povos Kukama Kukamiria da Amazônia peruana diante da COVID-19. Sociedade E Cultura, 24. https://doi.org/10.5216/sec.v24.66318

Edição

Seção

Dossiê: Ciências Sociais e Covid-19