Sobre materialidades e mobilidades na educação: apontamentos para uma agenda de pesquisa

Resumo

A educação tem sido estudada por uma série de áreas do conhecimento, seja via propostas pedagógicas com fins de constituição de certos sujeitos ou como fenômeno social da maior importância. Sociologia, antropologia, filosofia, história e geografia são campos em que, para citar apenas alguns, a educação, em sentido amplo, é posta em debate com certa centralidade. Essas discussões não se furtam de pensar sobre as dinâmicas de mobilidade, nacional ou internacional, envolvidas no processo educativo, nem nos aspectos
materiais daquelas. O livro de Rachel Brooks e Johanna Waters explora as possibilidades investigativas encontradas na interface entre essas duas áreas, quais sejam os processos de mobilidade que tem lugar na educação e as materialidades aí envolvidas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Lajus, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, Paraná, Brasil

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal do Paraná. Atua na área da Sociologia das Migrações, inserido no tema das mobilidade internacionais de estudantes no ensino superior. 

Publicado
04-08-2020
Como Citar
Lajus, F. (2020). Sobre materialidades e mobilidades na educação: apontamentos para uma agenda de pesquisa. Sociedade E Cultura, 23. Recuperado de https://revistas.ufg.br/fcs/article/view/63200
Seção
Resenhas