O fio da memória: práticas teológicas e político-religiosas do catolicismo libertacionista na Argentina

Resumo

Este artigo analisa os usos das teologias na configuração do catolicismo libertacionista na Argentina, da pós-ditadura até a segunda década do século XXI, identificando dois momentos típicos. O artigo começa analisando os Seminários de Formação Teológica, núcleo do espaço católico libertacionista dos anos 1990. Partindo da reivindicação da figura dos mártires e de uma reelaboração teológica com ênfase horizontal e participativa, tentaremos mostrar como esse espaço atualiza o legado da Teologia da Libertação no marco da resistência ao neoliberalismo.  Apresentaremos os pontos de contato e as diferenças entre a Teologia da Libertação, entendida como corrente intelectual continental, e a Teologia do Povo, variante que provém das efervescências político-religiosas da Argentina.  Num segundo momento, a partir do papado de Francisco, surgem novas militâncias político-religiosas que enfatizam a interseção entre religiosidade popular e organização política dos setores populares. O exercício da memória aparece como o lócus comum que liga diversas etapas de setores católicos dissidentes. Em termos metodológicos, as descobertas deste texto baseiam-se em pesquisa sobre as militâncias político-religiosas contemporâneas realizada durante quatro anos, a partir de entrevistas em profundidade, observação de eventos e análise de fontes secundárias.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Verónica Giménez Béliveau, Universidad de Buenos Aires, Buenos Aires, Argentina

Doctora Investigadora del Centro de Estudios e Investigaciones Laborales, Conicet, Argentina

Marcos Andrés Carbonelli, Universidad Nacional Arturo Jauretche, Buenos Aires, Argentina

Doctor Investigador del Centro de Estudios e Investigaciones Laborales, Conicet, Universidad Nacional Arturo Jauretche, Buenos Aires, Argentina.

Publicado
05-08-2020
Como Citar
Giménez Béliveau, V., & Carbonelli, M. A. (2020). O fio da memória: práticas teológicas e político-religiosas do catolicismo libertacionista na Argentina. Sociedade E Cultura, 23. https://doi.org/10.5216/sec.v23i.60018
Seção
Dossiê: Cristianismo da libertação e teologia da libertação na América Latina