Televisão e autogestão: dois caminhos trilhados pelo catolicismo no Brasil

Resumo

Com continuada redução de adeptos, o catolicismo permanece como maioria numérica no campo religioso brasileiro. Tal maioria exerce relevante participação em atividades, desde as exclusivamente religiosas
até as seculares, nas áreas de política e economia. Produzido a partir de sistemática revisão bibliográfica, bem como pesquisa documental e análise de dados colhidos em trabalho de campo, o presente artigo objetiva a reflexão acerca de duas frentes distintas de ação política católica contemporânea. É feita uma reflexão acerca das práticas do catolicismo da libertação, seu engajamento político de esquerda e sua participação incisiva no movimento de economia solidária, através da Cáritas Brasileira. Posteriormente, como um contraponto, são analisados os laços políticos existentes entre agentes religiosos e parlamentares para a formação e sustentação das emissoras televisivas carismáticas Canção Nova e TV Século XXI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Ricardo Souza, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, São Paulo, Brasil

Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP). Professor adjunto do Departamento de Sociologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Breno Minelli Batista, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, São Paulo, Brasil

Doutorando do Programa de Pós Graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos. Possui pela mesma instituição Mestrado em Sociologia e Bacharelado em Ciências Sociais.

Giulliano Placeres, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, São Paulo, Brasil

Doutorando do Programa de Pós Graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos. Possui pela mesma instituição Mestrado em Sociologia e Bacharelado em Ciências Sociais. Bolsista FAPESP.

Publicado
05-08-2020
Como Citar
Souza, A. R., Batista, B. M., & Placeres, G. (2020). Televisão e autogestão: dois caminhos trilhados pelo catolicismo no Brasil. Sociedade E Cultura, 23. https://doi.org/10.5216/sec.v23i.59862
Seção
Dossiê: Cristianismo da libertação e teologia da libertação na América Latina