Deus Pai / Deus Mãe: cristianismo libertador na área feminina de Frontera Comalapa

Resumo

O artigo analisa as manifestações políticas, culturais e rituais de uma expressão do cristianismo libertador no contexto da fronteira entre Chiapas e Guatemala. Partimos de uma conceituação antropológica da práxis, que nos permite falar sobre a ação de mulheres católicas da Paróquia da Santa Criança de Atocha, em Frontera Comalapa, pertencente à Diocese de São Cristóvão de Las Casas, Chiapas. A reflexão centra-se na experiência transformadora da área das mulheres, levando em conta não só as contribuições clássicas da teologia da libertação e suas ligações com as ciências sociais, mas também os novos postulados teológicos liberacionistas que exigem novas abordagens teórico-metodológicas para compreender as ações concretas contemporâneas do catolicismo latino-americano.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Enriqueta Lerma Rodríguez, Universidad Nacional Autónoma de México

Profesora Doctora de la Universidad Nacional Autónoma de México, San Cristóbal de Las Casas, Chiapas, México

Adriela Pérez Pérez, Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social, Sureste
Doutoranda em Antropologia Social, Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social, Sureste, ´México. 
Publicado
05-08-2020
Como Citar
Lerma Rodríguez, E., & Pérez Pérez, A. (2020). Deus Pai / Deus Mãe: cristianismo libertador na área feminina de Frontera Comalapa. Sociedade E Cultura, 23. https://doi.org/10.5216/sec.v23i.59858
Seção
Dossiê: Cristianismo da libertação e teologia da libertação na América Latina