Nas tramas da amizade: tensões e limites da sociabilidade em um grupo de “homens homossexuais” mais velhos, a Turma OK

Autores

  • Thiago Barcelos Soliva

DOI:

https://doi.org/10.5216/sec.v19i2.48669

Resumo

Este artigo se ocupa das tensões e dos “limites da sociabilidade” de um grupo de “homens homossexuais” mais velhos, a Turma OK, localizado na Lapa, bairro do Rio de Janeiro. Com mais de cinquenta anos de existência, este grupo segue promovendo eventos que reúnem um número considerável de sócios. Meu interesse aqui é compreender um aspecto significativo da sociabilidade do grupo, o conflito. O foco analítico recai nas tensões e disputas de sentidos sobre o grupo, que são negociadas no fluxo das interações entre os sócios e outros frequentadores. Também enfatizo as distintas opiniões sobre as direções que garantiriam ou não a manutenção da associação. A captura desses sentidos só é possível quando considerada a articulação entre gênero, sexualidade e geração. Os dados para a construção deste texto foram obtidos através de etnografia. As festas, os concursos e a assembleia geral de sócios foram eventos importantes para o registro desses dados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-08-11

Como Citar

BARCELOS SOLIVA, T. Nas tramas da amizade: tensões e limites da sociabilidade em um grupo de “homens homossexuais” mais velhos, a Turma OK. Sociedade e Cultura, Goiânia, v. 19, n. 2, 2017. DOI: 10.5216/sec.v19i2.48669. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fcs/article/view/48669. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê