A etnia como sistema: contato, fricção e identidade no Brasil indígena

Autores

  • JOÃO DAL POZ

DOI:

https://doi.org/10.5216/sec.v6i2.918

Resumo

O estudo das relações entre índios e sociedade nacional no Brasil, a partir dos anos 60 e 70, ganhou impulso com a teoria da fricção interétnica de Roberto Cardoso de Oliveira. A sua contribuição teórica e etnológica, cuja trajetória é aqui discutida, evidencia o lugar estratégico que então emprestou à noção de “sistema”. Contudo, essa contribuição não encontra acolhida nas reflexões atuais do autor, acerca das possibilidades da ética discursiva habermasiana no campo das relações interétnicas. Palavras-chave: relações interétnicas; etnia; sistema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-05

Como Citar

POZ, J. D. A etnia como sistema: contato, fricção e identidade no Brasil indígena. Sociedade e Cultura, Goiânia, v. 6, n. 2, 2007. DOI: 10.5216/sec.v6i2.918. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fcs/article/view/918. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê