A DIVISÃO REGIONAL DAS PAISAGENS BRASILEIRAS: uma revisão bibliográfica

THE REGIONAL DIVISION OF THE BRAZILIAN LANDSCAPES: a state of art

Autores

  • Jorge Luis P. Oliveira-Costa Universidade de Coimbra (Portugal)

Resumo

Esta comunicação trata dos sistemas de classificação da vegetação no Brasil. Tem por objetivo uma caracterização destes sistemas, com vistas à obtenção de dados que levem ao estabelecimento da evolução na divisão das paisagens naturais do país. Em termos metodológicos, o presente estudo compreendeu uma ampla revisão de literatura considerando os estudos de referência no tema (RIZZINI, 1976, 1979; VELOSO & GOES-FILHO, 1991; IBGE, 1992, 2012; FERNANDES, 2007), além de pesquisas em sites da internet e revistas especializadas. Os estudos de vegetação e a prática da divisão das paisagens naturais em compartimentos fitogeográficos são tradicionais na ciência brasileira. Há uma diversidade de classificações, fruto, sobretudo, de tendências pessoais, da formação acadêmica dos autores dos sistemas, além do avanço tecnológico/instrumental. Atualmente há um debate importante no campo da classificação das paisagens vegetais, já que a identificação de unidades fitogeográficas constitui numa prática de suma importância para fins da conservação.

Biografia do Autor

Jorge Luis P. Oliveira-Costa, Universidade de Coimbra (Portugal)

Investigador do CEGOT. Doutorando em Geografia Física. Universidade de Coimbra (Portugal). Visiting Fellow. Trinity College Dublin (Irlanda). ORCID: 0000-0002-1612-1910

Downloads

Publicado

14.03.2022

Como Citar

OLIVEIRA-COSTA, J. L. P. A DIVISÃO REGIONAL DAS PAISAGENS BRASILEIRAS: uma revisão bibliográfica: THE REGIONAL DIVISION OF THE BRAZILIAN LANDSCAPES: a state of art. Espaço em Revista, Goiânia, v. 24, n. 1, p. 648–687, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/espaco/article/view/72218. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

SUBTEMA III - Estudos da paisagem física do Brasil e de Portugal