REFORMA AGRÁRIA E PAISAGEM EM ASSENTAMENTOS PIAUIENSES

AGRARIAN REFORM AND LANDSCAPE IN SETTLEMENTS IN PIAUÍ

Autores

  • Waldirene Alves Lopes da Silva Universidade Estadual do Piauí

Resumo

Apoiando-nos em dois estudos de caso - Assentamentos Marrecas e Lisboa em São João do Piauí, como lócus de análise do encontro entre a organização do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra MST (em prol da consolidação da Reforma agrária) e o ambiente natural do semiárido, obtivemos a constatação de que, a diversidade de origens e bagagens de vida do(a)s sujeito(a)s apresenta-se como ponto fundamental na construção da relação destes com a natureza local. Para tanto, foram necessários o uso de revisão bibliográfica e pesquisa de campo sob uma abordagem qualitativa.

Biografia do Autor

Waldirene Alves Lopes da Silva, Universidade Estadual do Piauí

Universidade Estadual do Piauí (UESPI)

Líder do Programa PRONERA/Piauí

Downloads

Publicado

14.03.2022

Como Citar

SILVA, W. A. L. da. REFORMA AGRÁRIA E PAISAGEM EM ASSENTAMENTOS PIAUIENSES: AGRARIAN REFORM AND LANDSCAPE IN SETTLEMENTS IN PIAUÍ. Espaço em Revista, Goiânia, v. 24, n. 1, p. 556–582, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/espaco/article/view/70095. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

SUBTEMA III - Estudos da paisagem física do Brasil e de Portugal