PAISAGEM, PATRIMÔNIO NATURAL E REPRESENTAÇÕES: perspectivas da preservação da natureza no campo cultural

LANDSCAPE, NATURAL HERIGTAGE AND REPRESENTATIONS: perspectives of nature representations in the cultural field

Autores

  • Vitória Eichenberger Universidade Estadual de Campinas

Resumo

De caráter exploratório, este artigo trata de alguns dos significados de paisagem. Tendo em vista a amplitude do tema, bem como também a do outro tema o qual pretende-se relacioná-lo – o do patrimônio natural –, a reflexão se orienta pela abordagem geográfica e busca demonstrar algumas formas através das quais paisagem se aproximou da natureza, e que estas se tornaram objeto de valorização do espaço. Junto a isto, buscou-se abordar a paisagem através de políticas culturais de preservação da natureza, buscando evidenciar algumas políticas adotadas no âmbito mundial, no Brasil, e particularmente as adotadas no estado de São Paulo, uma vez que foram consideradas inovadoras no campo do patrimônio natural, e que trouxeram perspectivas particulares sobre a preservação das paisagens. Tendo em vista as diferentes formas de representação das paisagens ao longo do tempo, buscou-se destacar algumas formas de representação das paisagens naturais no estado de São Paulo, através da análise de anúncios de empreendimentos imobiliários localizados próximos a bens naturais, tal como os valores simbólicos a elas associados.

Downloads

Publicado

14.03.2022

Como Citar

EICHENBERGER, V. PAISAGEM, PATRIMÔNIO NATURAL E REPRESENTAÇÕES: perspectivas da preservação da natureza no campo cultural: LANDSCAPE, NATURAL HERIGTAGE AND REPRESENTATIONS: perspectives of nature representations in the cultural field. Espaço em Revista, Goiânia, v. 24, n. 1, p. 784–807, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/espaco/article/view/69842. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

SUBTEMA IV - Abordagens sócio-lírico-culturais da paisagem