A PAISAGEM HISTÓRICA E AS RELAÇÕES ANTROPOSSOCIAIS DURANTE O CICLO DA MANIÇOBA NO SUDESTE DO PIAUÍ: a importância de Neco Coelho e Ana Cavalcanti

THE HISTORICAL LANDSCAPE AND THE ‘ANTROPO-SOCIAL’ RELATIONS DURING THE CYCLE OF ‘MANIÇOBA’ IN SOUTHEAST OF PIAUÍ: the relevance of Neco Coelho and Ana Cavalcanti

Autores

Resumo

A “Trilha Interpretativa da Jurubeba”, onde se encontra o sítio arqueológico histórico “Casa do Neco Coelho”, o mais importante remanescente da ocupação maniçobeira regional, está localizado no entorno do Parque Nacional Serra da Capivara - PI, e pertence à zona rural do município de Coronel José Dias, no sudeste do Piauí. Apresenta evidências de ocupação humana desde o início do século XX, período coincidente com o ápice da extração do látex da maniçoba para a produção de borracha. A região é alvo de estudos desde os anos 2000, e apresenta inúmeros registros históricos e informações a respeito da família Coelho (Manoel Coelho, Ana Cavalcanti e filhos), sobretudo acerca do patriarca Manoel Coelho (conhecido como Neco Coelho). O presente artigo pretende investigar sobre a importância da Família Coelho nos processos de desenvolvimento local, considerado o contexto do ciclo da maniçoba no sudeste do Piauí. A metodologia aplicada baseou-se nas materialidades já identificadas nas escavações realizadas na residência da Família Coelho. Os resultados apresentaram um espólio doméstico incompatível com as realidades do sertanejo piauiense do início do século XX, destacando, entre outros aspectos importantes, a pouca representatividade da Senhora Ana Cavalcanti Coelho no processo histórico local.

Downloads

Publicado

14.03.2022

Como Citar

OLIVEIRA, I. de N. A PAISAGEM HISTÓRICA E AS RELAÇÕES ANTROPOSSOCIAIS DURANTE O CICLO DA MANIÇOBA NO SUDESTE DO PIAUÍ: a importância de Neco Coelho e Ana Cavalcanti: THE HISTORICAL LANDSCAPE AND THE ‘ANTROPO-SOCIAL’ RELATIONS DURING THE CYCLE OF ‘MANIÇOBA’ IN SOUTHEAST OF PIAUÍ: the relevance of Neco Coelho and Ana Cavalcanti. Espaço em Revista, Goiânia, v. 24, n. 1, p. 755–783, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/espaco/article/view/69812. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

SUBTEMA IV - Abordagens sócio-lírico-culturais da paisagem